Pesquisa
 

 

 

   Formação e Eventos   |   Livros   |  Newsletter   |  Fóruns   |   Colunistas   |   Diretório de Psicólogos
   homepage  >  artigos

A linguagem oral e escrita na educação infantil: contribuições da análise experimental do comportamento na releitura dos objetivos
Elaine Cristina Sasso, Ana Cláudia Almeida-Verdu, Lúcia Pereira Leite
elainecsasso@yahoo.com.br
Universidade Estadual Paulista (Unesp)-Brasil, Faculdade de Ciências/Bauru, Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
2007

Idioma: Português (Brasil)
Palavras-chave: Linguagem, objetivos comportamentais, processos de ensino e aprendizagem

Resumo

Mobilização do sistema familiar no processo de reabilitação profissional

A Linguagem tem sido instrumento de estudo desde o surgimento da Psicologia enquanto Ciência. Psicanálise, Psicologia Sócio-Histórica e Behaviorismo foram algumas das corrente psicológicas que tomaram a Linguagem como instrumento para analisar a especificidade do que é humano. Mas estudos promovidos principalmente pela Psicologia Sócio-Histórica e pela Análise Experimental do Comportamento (AEC) contribuíram para melhor compreensão de como a Linguagem se desenvolve no ser humano. Tendo em vista o início da aprendizagem da Linguagem em crianças que freqüentam instituições formais como creches e escolas de Educação Infantil e como forma de regulamentar o ensino e a aprendizagem nesses lugares, o Ministério da Educação, a partir da Lei de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional de 1996 (LDBEN) elabora o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI). Em seu volume 3, às diferentes áreas do conhecimento são oferecidos objetivos, conteúdos e orientações didáticas aos professores e pessoal de apoio que atuam nessas instituições. A necessidade do presente artigo surgiu a partir da investigação realizada em sala de aula inclusiva de pré-escola, em que o professor demonstrou pouco conhecimento dos objetivos propostos pelo RCNEI e tem como objetivo apresentar uma sugestão de releitura dos objetivos da área de Linguagem Oral e Escrita apresentados pelo RCNEI dentro da proposta da AEC, retomando o principal objetivo do professor: a mudança de comportamento de seus alunos (aprendizagem). A importância de reformulá-los descrevendo em forma de comportamentos-objetivo facilitará o professor que a partir de uma avaliação inicial de repertório de seus alunos, planejará quais estratégias e procedimentos de ensino cada vez mais eficazes para se alcançar o comportamento-objetivo delineado para seu aluno, podendo replanejá-los se for necessário. Dessa forma, todos os professores e alunos, de salas de aula regular ou de inclusão, poderão se beneficiar dessa forma de planejar objetivos de ensino.

Ler texto integral


 
  Versão para impressão
  Recomende este artigo
  Publique os seus trabalhos
  Como citar artigos obtidos na internet
 

 

MAIS ARTIGOS SOBRE: Educação e Formação

 
A avaliação do desenvolvimento e da aprendizagem escolar: metodologias e práticas de investigação em psicologia
 
A sexualidade e orientação sexual nas escolas
 
A atuação do psicológo escolar e o desenvolvimento histórico da psicologia educacional
 
A atuação do psicólogo nos programas de medidas sócio-educativas em meio aberto e em unidades de internação
 
Práticas no ensino de instituição de educação formal. O papel do psicólogo na escola - Um estudo de caso

 

 

 

 

 

 [Mais artigos]

 

 
 
 
 
 
 
 


 
 
Destaques

Consulte a nossa oferta de Dinâmicas de Grupo
Dinâmicas de Grupo

Consulte as novidades na secção de Livros
Livros


 
Sobre o Psicologia.pt   |   Informações Legais   |   Contactos   |   Publicidade   |   Pagamentos   |   Dados de tráfego
Recomende este site 
© 2005-2014 Psicoglobal, Lda
Todos os direitos reservados
Áreas da Psicologia   |   Artigos   |   Fóruns   |   Humor   |   Instrumentos Técnicos   |   Links
Livros  |   Newsletter   |   Notícias   |   Profissional e Estudante   |   Colaboradores   |   Directório de Psicólogos
Licença Creative Commons
O conteúdo desta página está licenciado sob uma
licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.