Traumas da infância e o transtorno do pânico

2013
andreia-psico@bol.com.br
Psicóloga e Consultora de Recursos Humanos - Guarulhos - São Paulo (Brasil)

A- A A+

Traumas da infância e o transtorno do pânico

O presente estudo constitui sobre a temática do Transtorno do Pânico e os traumas na infância de acordo com as vivências traumáticas da criança desde o nascimento e no decorrer do seu desenvolvimento através do convívio e ambiente familiar. Winnicott salienta a importância da previsibilidade do ambiente na experiência de continui¬dade. Uma mãe de humor instável, por exemplo, fará com que o bebê nunca saiba o que esperar dela, o que provoca grande desconforto psíquico na criança. Para o autor, o trauma se constitui quando o ambiente falha, o que pode remeter às chamadas angústias impensáveis, onde teremos então um fator predominante onde poderá contribuir para o surgimento do Transtorno do Pânico.

 Ler texto integral em PDF