PUB


Relação entre a fluidez da tinta e a fluidez da vida contemporânea - a pintura emocional

2017
joaobucho@oninet.pt
Psicólogo, Membro Efectivo da OP nº 10664. Mestre em Criatividade e Inovação, Doutor em Psicologia. Membro fundador da Vivenciarte-Associação Internacional de Terapias Expressivas. Autor do livro “As terapias expressivas e o barro: espelho do corpo e da alma”

A- A A+
Relação entre a fluidez da tinta e a fluidez da vida contemporânea - a pintura emocional

Numa época em que se coloca cada vez mais a inteligência emocional no centro das aptidões e competências a serem desenvolvidas, quer no individuo quer nas organizações e na sociedade, o objectivo deste artigo de reflexão, visa realçar a importância da estimulação de actividades no âmbito da pintura emocional, no desenvolvimento integral e integrativo das pessoas e da própria sociedade. A relação existente entre a fluidez da vida contemporânea e a fluidez da tinta servirá como metáfora para se poder abordar a importância da pintura emocional.

 Ler texto integral em PDF