PUB


 

 

Sofia Alexandra de Jesus Andrade é psicóloga, especialista em Psicologia Clínica e de Aconselhamento. É Membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses, e Membro Associado do MDM. É também membro de uma IPSS em Lisboa. É Licenciada em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica e de Aconselhamento pela Universidade Autónoma de Lisboa, tendo realizado um estágio de mestrado via profissionalizante na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Seixal, onde adquiriu competências pessoais e sociais com crianças e jovens em risco. Realizou também um estágio de Licenciatura no Gabinete de Saúde Ocupacional da Câmara Municipal do Seixal, onde desenvolveu um estudo sobre o levantamento do Absentismo Prolongado dos trabalhadores, bem como consultas de desabituação tabágica. Trabalha há vários anos na Administração Pública, além de ser formadora certificada pelo IEFP e apoiar várias causas sociais e políticas, sendo participante ativa em causas voluntárias.

  • Da terapia à mudança terapêutica segundo Rogers

    Da terapia à mudança terapêutica segundo Rogers

    Existem várias correntes que assentam em diferentes quadros teóricos. O mais importante de um quadro teórico que suporta a formação em psicoterapia é o próprio psicoterapeuta, ou seja, é a relação que ele consegue estabelecer com o outro, compreendendo a pessoa que vem para ajuda. Neste modelo de psicoterapia centrada no cliente, o objetivo foca-se no conceito de pessoa, como sendo a pedra basilar de toda a terapia, ou seja, é equivalente ao conceito de sistema, (conjunto de partes interligadas entre si) sendo a parte principal a pessoa no seu todo. ler artigo

  • Como melhorar uma relação conjugal usando a técnica de counselling?

    Como melhorar uma relação conjugal usando a técnica de counselling?

    Cada vez mais nos são trazidos, em setting profissional, variadíssimos enredos conjugais, tornando-se evidente a importância dos princípios básicos de counselling centrado no cliente. A melhor opção em terapia deve ser aquela que é aceite e adotada pelo cliente ou, caso contrário, não se irá obter muito sucesso. O counselling passa de uma formulação defensiva do problema para uma exposição real do problema; de um conceito defensivo do self para um rigoroso auto-insight; da confusão e da incapacidade para fazer alguma coisa construtiva perante uma situação, para um objetivo integrado e mais amadurecido, em direção ao qual já foram dados os primeiros passos. Não se pode ter a certeza que o casamento vai ser bem-sucedido, mas as suas atitudes são bem mais construtivas, mais realistas e mais amadurecidas. ler artigo

  • O stress e o assédio moral como fator do absentismo laboral

    O stress e o assédio moral como fator do absentismo laboral

    Cada vez mais se tem falado e debatido sobre a problemática do Absentismo laboral, mas muito pouco se tem feito no sentido de identificar e prevenir junto dos trabalhadores, quais os motivos que levam a ausências tão prolongadas. Verifica-se que muitas das ausências laborais, devem-se a fenómenos emocionais e psicológicos, associados ao stress laboral e assédio moral. O assédio moral é um fenómeno que constitui um grave problema da vida laboral, e é importante que a sociedade lhe confira uma atenção acrescida, incluindo novas medidas para o combater. Por vezes, a precariedade do emprego, especialmente entre as mulheres, pode causar condições propícias à prática de diferentes formas de assédio. ler artigo

  • A importância da vinculação na díade mãe-criança

    A importância da vinculação na díade mãe-criança

    O que é afinal o processo de vinculação? Como se estabelece? É importante para o desenvolvimento do indivíduo? A teoria da vinculação, veio confirmar a importância das relações humanas e as suas consequências no desenvolvimento individual. A teoria mostra que desde o nascimento, as crianças procuram a relação com o outro no estabelecimento de ligação, com a figura de vinculação. Seria importante haver no sistema familiar, sentimentos de apoio e cooperação, para o desenvolvimento salutar da criança. Hoje em dia, tem-se vindo a verificar que a família perdeu o “monopólio” da transmissão de valores, da informação de atitudes, na educação, dando origem a outros agentes na socialização como a escola. ler artigo

  • O consumismo na época festiva

    O consumismo na época festiva

    Nesta época festiva de Natal observa-se, cada vez mais, a azáfama alucinante aos supermercados e hipermercados. O conceito tradicional do Natal tem-se vindo a perder com o continuar do tempo. Será que nos esquecemos do significado real do Natal?! Seria interessante refletirmos sobre este assunto, fazendo um treino emocional sobre como encaramos o Natal e o que este significa para cada um de nós. ler artigo

  • A violência infantil no seio familiar

    A violência infantil no seio familiar

    Atualmente, perante a informação que dispomos, através da comunicação social, percebemos que a violência familiar é um facto, e muito pouco se tem feito no sentido de a atenuar. Não quer, isto dizer, que tenha havido um aumento da violência, apenas reconhece-se que é mais divulgada. As crianças expostas à violência doméstica são vítimas indiretas, mas igualmente vulneráveis de várias consequências físicas e psicológicas, que podem ser ou não de perceção imediata. Em Portugal o problema da proteção das crianças expostas à violência interparental carece de um olhar mais vigilante das entidades públicas e/ou privadas, tal como acontece noutros países. É da responsabilidade de todos os profissionais de saúde que trabalham com crianças, sejam eles médicos, psicólogos, enfermeiros, educadores, técnicos de serviço social, etc, não ignorar um caso de maus-tratos, pois tal é pôr em causa a vida e o futuro de uma criança e perder a oportunidade de intervir numa família em crise. ler artigo

  • PUB
      


  • Tabagismo. Um fator de afirmação nos jovens?!

    Tabagismo. Um fator de afirmação nos jovens?!

    Será que o comportamento de fumar dos indivíduos, em geral, adquire-se na infância e adolescência? Quais são as reais motivações que levam os jovens a fumar? Será que é determinado por um conjunto de fatores? ler artigo

  • Motivação, uma necessidade intrínseca do ser humano…

    Motivação, uma necessidade intrínseca do ser humano…

    Para que haja ação ou reação é preciso que um estímulo seja implementado, resultante do exterior ou proveniente do próprio organismo, designando-se por ciclo motivacional. Quando o ciclo motivacional não se realiza, dá origem à frustração do indivíduo, assumindo atitudes diversas. Podemos afirmar que algumas necessidades humanas, se dispõem acima de outras, numa certa escala de predominância. É importante o indivíduo ter um comportamento motivador, fazendo uma planificação e um registo diário das suas prioridades motivacionais, das que realizou e das que tenciona realizar, com objetivos precisos a atingir. ler artigo

  • Será que tem valorizado a sua autoestima?! Análise para nós Mulheres…

    Será que tem valorizado a sua autoestima?! Análise para nós Mulheres…

    Este artigo tem como objetivo, mencionar a necessidade de se valorizar a autoestima, como forma de fazer refletir sobre o conceito que forma de si mesmo e permitir descobrir a mulher maravilha que é. Será que tem dado importância devida a si mesmo? Será que tem respeitado limites? Tem tido momentos só para si? Levanto aqui algumas questões que deve refletir…e analisar com a máxima apreciação e respeito pela sua condição humana. ler artigo

  • Como sair da depressão?

    Como sair da depressão?

    Muito se tem falado e debatido sobre o fenómeno da depressão, considerada uma doença “psíquica” ou “mental”. Até certo ponto, esta é uma afirmação correta pois, muitas vezes, o sofrimento é sobretudo “psíquico”. Veremos, no entanto, que o corpo do deprimido participa muito nesta doença, a qual é, na realidade, “global”, e afeta o indivíduo no seu conjunto, corpo e psiquismo - ou como também se diz, espírito. A questão que coloco é "como podemos sair deste 'estado depressivo', de angústia e tristeza? De que forma estamos a tratar a depressão? Seria importante fazer uma reflexão sobre o assunto, para tentarmos perceber e identificar os sinais, os sintomas e diagnosticar o problema. ler artigo

  • Breve reflexão sobre consciência e as suas alterações ao nível do pensar e do agir

    Breve reflexão sobre consciência e as suas alterações ao nível do pensar e do agir

    Afinal o que é a consciência? Esta questão tem sido estudada e investigada por muitos autores em psicologia. A “descoberta” da consciência e a sua influência no comportamento humano e toda a sua complexidade, faz-nos ter a perceção de que existimos, que temos um lugar na sociedade em que vivemos, sendo algo fundamental para a compreensão mais profunda do Eu. É necessária uma reflexão contínua e séria dessa mesma realidade que é a existência de um Eu pensante, que sabe que existe e traz a si a sua própria vivência e também a apreensão da vivência daquilo que o rodeia. ler artigo