Orientador de estágio

A regulação e regulamentação da formação e do exercício da psicologia em Portugal. A acreditação e certificação. A organização da classe profissional. Os direitos e deveres laborais. As organizações representativas. A identidade e a imagem dos Psicólogos.

Moderador: Cristina

cristinapereira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 276
Registado: quinta mar 03, 2005 1:29 pm

Orientador de estágio

Mensagempor cristinapereira » terça nov 06, 2012 12:28 pm

Colegas, sou membro efetivo da ordem dos psicólogos e fui convidada para ser orientadora de estágio. Gostaria de combinar com a estagiária os meus honorários e gostava de lhe facultar um valor que fosse justo para ambas as partes. sabem quais são os valores em vigor atualmente? Vou atender a aluna no meu consultório, onde pago 30% à clínica.
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vvvieira » quinta nov 15, 2012 6:10 pm

Esta é novidade.
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.
cristinapereira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 276
Registado: quinta mar 03, 2005 1:29 pm

Re: Orientador de estágio

Mensagempor cristinapereira » sexta nov 16, 2012 9:11 am

Não percebi...
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vvvieira » domingo nov 18, 2012 9:10 am

Logo vi que não percebera. Tal como muitos outros não percberam ainda, desde 2008. Mas daqui a uns tempos esclareço-a. Entretanto, recomendo http://dre.pt/pdf2sdip/2010/10/204000000/5190351906.pdf
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.
cristinapereira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 276
Registado: quinta mar 03, 2005 1:29 pm

Re: Orientador de estágio

Mensagempor cristinapereira » domingo nov 18, 2012 11:25 am

Peço desculpa, mas continuo a não perceber. Esse documento responde à questão que coloquei?
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vectrapc » domingo nov 18, 2012 2:08 pm

"12. O meu Orientador deve ser remunerado pela supervisão do meu estágio profissional?

NÃO. O Regulamento de Estágios da OPP não prevê que este profissional deva ser remunerado por este serviço, nem existem valores de referência relativamente a essa eventual remuneração."

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/opp_manual_estagios_1.pdf
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
cristinapereira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 276
Registado: quinta mar 03, 2005 1:29 pm

Re: Orientador de estágio

Mensagempor cristinapereira » segunda nov 19, 2012 10:02 am

Eu compreendo que o orientador não seja remunerado quando isso faz parte das suas atividades (ou seja, quando o estagiário trabalha no local onde está o orientador). Agora digam-me uma coisa. Eu sou externa à instituição de acolhimento do estágio, vou atender a estagiária no meu consultório, vou pagar aluguer do espaço, acham que devo fazer os atendimentos gratuitamente? Ou seja: faço voluntariado e ainda pago o espaço onde vou fazer o atendimento? Não me parece muito justo...
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vvvieira » segunda nov 19, 2012 10:22 am

Justiça, cara colega?
Para quem?
Para a jovem estagiária que estava a frequentar um curso e tinha uma determinada perspetiva de futuro, e de repente se viu confrontada, a meio do percurso, com uma alteração legislativa de origem duvidosa que lhe prolonga o período e os custos de formação?
Sente-se a colega injustiçada? Naturalmente que está no seu direito. Se calhar, deveria pensar também porque razão tem de pagar a uma Ordem para poder exercer a profissão que já exercia. Ou seja, porque lhe foi atribuído um novo imposto.

Alargando o escopo da apreciação, verifico que ocorre algo que se suspeitava: com a criação da Ordem, só terá acesso à profissão de Psicólogo quem tiver os recursos financeiros para, depois do curso terminado, pagar (ou não receber) por um estágio, pagar por uma orientação (sim, o Manual diz que não deve ser remunerado... mas alguém acredita que vão haver muitos colegas dispostos a supervisionar à borla?), pagar um "Curso de Formação" que de pouco serve, pagar, pagar, pagar - o que colocará fora do jogo quem não tiver essa almofada financeira.

Ou seja, a criação da Ordem, em vez de contribuir para a dignificação da profissão, está é a contribuir para a sua elitização e para o empobrecimento.

Se calhar é altura de começar a perguntar aos 14, 17 ou 20 mil psicólogos incritos na OPP se concordam com a sua existência. Porque a verdade é que nunca foram chamados a isso.
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.
Avatar do Utilizador
Zenobia
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 152
Registado: quarta ago 10, 2005 8:33 pm
Localização: Lisboa

Re: Orientador de estágio

Mensagempor Zenobia » segunda nov 19, 2012 11:19 am

Uma pessoa que faz um estágio não remunerado, supostamente, não tem dinheiro para pagar a um supervisor. Eventualmente tem os pais ou umas poupanças mas quem não tem uma coisa nem outra não pode nem estagiar de borla, porque precisa de um trabalho para pagar as contas, nem de pagar a um supervisor quando não tem rendimentos.

Ao mesmo tempo também me parecem, de certa forma, justas as pretensões da cristinapereira.

A Ordem não previu situações destas, ok também não pode prever tudo, mas quando estes casos surgem, deveria ser célere em encontrar uma maneira de solucionar as questões.
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vvvieira » segunda nov 19, 2012 11:23 am

Zenobia Escreveu:A Ordem não previu situações destas, ok também não pode prever tudo, mas quando estes casos surgem, deveria ser célere em encontrar uma maneira de solucionar as questões.


Também acredita no Pai Natal, colega? Ou é só na ficção OPP?
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.
cristinapereira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 276
Registado: quinta mar 03, 2005 1:29 pm

Re: Orientador de estágio

Mensagempor cristinapereira » segunda nov 19, 2012 11:24 am

De facto, não me parece que alguém aceite supervisionar os colegas à borla... Eu não poderei aceitar, pois não tenho recursos económicos para pagar o consultório e atender a colega de graça, em horas onde poderia estar a atender pessoas para consulta de psicologia... Realmente isto não me faz qualquer sentido. Além disso, não conheço nenhum estagiário da ordem que tenha um orientador externo sem pagar honorários...
Relativamente à formação, para ser psicóloga sempre paguei o meu curso e, depois, o meu mestrado (e trabalhei noutras áreas para o poder fazer). Fiz cursos de formação e faço supervisão desde sempre. Apesar de trabalhar há 10 anos como psicóloga, sempre fiz formação paga do meu bolso. Se é justo ou não, não sei, mas sempre considerei que necessitava de este tipo de apoio constante para poder exercer a minha profissão. Mesmo antes da Ordem, já o fazia... Penso que é uma questão de bom senso.
Concordo com a existência da OPP e a regulação da profissão em portugal era algo que precisávamos muito, mas penso que existem aspetos que devem ser reavaliados.
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Re: Orientador de estágio

Mensagempor vvvieira » segunda nov 19, 2012 12:09 pm

cristinapereira Escreveu:não conheço nenhum estagiário da ordem que tenha um orientador externo sem pagar honorários


O inverso não é necessariamente verdadeiro, mas espero que também não conheça nenhum nessa situação.

De resto, é como diz: o bom senso guia(va) cada um de nós. E não veio daí nenhum mal ao mundo. Aliás, não é a existência de Ordens que assegura seja o que for. Nesta como nas outras. Quantos casos de malpractice são conhecidos em Engenharia, Medicina, Economia, etc? E quantos são efetivamente punidos pelas Ordens? Acaba sempre por se recorrer aos tribunais comuns, pelo que a redundância acaba por só servir para amealhar mais uns "cobres". Veja-se que, com 20 mil psis inscritos, são 3,6 milhões de euros/ano só nas quotas destes (mais os dos estagiários, mais as alcavalas...). É um valor que apetece.

cristinapereira Escreveu:Concordo com a existência da OPP e a regulação da profissão em portugal era algo que precisávamos muito, mas penso que existem aspetos que devem ser reavaliados.


Concordo com o que afirma depois da vírgula, tenho cada vez mais reservas ao que coloca antes dela.
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.

Voltar para “Regulamentação, Exercício e Identidade Profissional”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes