OEV

As diferentes correntes e modelos teóricos. Novas abordagens e novos contextos de intervenção. A teoria e a prática, os conceitos e as estratégias. Preocupações éticas e deontológicas. etc.

Moderador: César

Maria82
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 152
Registado: quinta mai 25, 2006 11:24 am
Contacto:

Mensagempor Maria82 » terça mai 27, 2008 8:37 pm

colegas, quero agradecer a quem entretanto passou por aqui e deixou algumas sugestões.
fico com pena que o meu humilde post tenha desencadeado tamanha discussão.
deveríamos deixar de parte todas estas coisas sem importância e unirmo-nos. a desunião entre nós reflecte'se no nosso trabalho, na nossa imagem.
Maria João:)

A lutar contra o desemprego desde 2004;)

Visitem: www.gabpsicologia.no.comunidades.net
Cristina Silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 800
Registado: quinta out 25, 2007 9:52 am

Mensagempor Cristina Silva » quarta mai 28, 2008 9:51 am

Temos que levar a discussão para o lado positivo, no sentido da construção!

Eu por mim, gostaria muito que o(a) ANÁLISE respondesse ao meu post pois poderia contribuir com ideias para darmos a volta à situação calamitosa do desemprego, nomeadamente dos psicólogos. É que não chega só “ameaçar” ou confrontar os outros, há que dar contributos para a mudança! E se ele(a) tem fórmulas para resolver o problema de tantos, era bom que as partilhasse com a malta da classe aqui no fórum.

Fico a aguardar!

Cristina Silva
Hugo
Membro Regular
Membro Regular
Mensagens: 108
Registado: terça fev 07, 2006 12:47 am

Ois

Mensagempor Hugo » quarta mai 28, 2008 3:37 pm

Cara Maria João,

Polémicas à parte... e continuando na lógica do que lhe escrevi primeiro:

- Talvez (e sublinho aqui o talvez, porque não fui eu que estive na consulta e é importante valorizar os seus "sentires" e entendimentos, porque foi a colega que esteve com a criança) fique a ideia de que a entrevista nalguns casos pode ser preferível a alguns testes.

Mas também quero sublinhar e admirá-la por pedir ajuda/apoio numa coisa que não estava a entender bem... quantos casos eu não oiço falar acerca de psicólogos que, mesmo não entendendo o que estão a fazer, continuam a fazer na mesma...

É no partilhar que aprendemos... se ninguém partilhasse connosco (faculdades, professores, pós-graduações e colegas) não aprenderiamos as bases para começarmos a aprender a pensar sozinhos nas coisas.

Sempre que precisar... já sabe :)

Abraço,

Hugo.

Voltar para “Campos de Acção, Modelos e Exercício”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes