Supervisão Clínica: Quem faz bem?

As diferentes correntes e modelos teóricos. Novas abordagens e novos contextos de intervenção. A teoria e a prática, os conceitos e as estratégias. Preocupações éticas e deontológicas. etc.

Moderador: César

Psycana
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 6
Registado: domingo jan 13, 2008 12:19 pm
Localização: Aveiro/ Porto

Supervisão Clínica: Quem faz bem?

Mensagempor Psycana » segunda ago 04, 2008 1:55 pm

Caros colegas,

Surgiu-me a oportunidade (financeira) de usufruir de Supervisão Clínica, mas tenho muitas dúvidas quanto ao local onde me dirigir e como saber se a Supervisão que oferecem é de confiança. Há alguma formação específica para estar apto a fazer Supervisão Clínica ou algum certificado para supervisores que eu possa pedir para ver?

Ajudem-me, por favor, que eu sou novata nestas coisas e só dou consultas há 1 mesito...
Obrigada! :)

Saudações psis.
Psycana
angelina
Membro Regular
Membro Regular
Mensagens: 89
Registado: quinta out 11, 2007 12:27 pm

Mensagempor angelina » segunda ago 04, 2008 9:00 pm

Na minha opinião, a melhor forma de se encontrar um bom supervisor é fazendo cursos de especialização, em que acabamos sempre por nos identificar com algum formador. Comigo foi assim. Pode sempre recorrer a algum dos seus professores e pedir recomendações.
Hugo
Membro Regular
Membro Regular
Mensagens: 108
Registado: terça fev 07, 2006 12:47 am

Olá

Mensagempor Hugo » terça ago 05, 2008 10:36 am

Olá colega,

Fico contente por saber que mais uma colega sensata aposta na supervisão!

Posso falar do meu caso em relação à tua pergunta.

Quando acabei o curso surgiu a possibilidade de fazer supervisão com uma professora da minha faculdade que tinha sido minha supervisora de monografia. Fiquei em supervisão com ela cerca de 1 ano, entretanto senti necessidade de uma mudança e o meu analista da altura aconselhou-me um psicoterapeuta candidato à sociedade de psicanálise.

Entretanto tenho estado há já algum tempo com ele e a gostar bastante, é na zona da Alameda.

Concordo com o colega anterior que disse que em formações que vamos fazendo vamos tendo contacto com outros terapeutas com quem nos possamos identificar.

Não existe cursos de "quero ser supervisor". O que conta a esse nível é a experiência clínica e a formação pessoal e profissional do terapeuta.

Infelizmente sei de muitos casos de supervisores que seguem aquela velha frase : "se não sabes para ti... ensina...". Mas também existem alguns bastante bons.

Geralmente nas sociedades psicoterapeuticas os supervisores são membros séniores, com mais anos de experiência e formação.

Posso dar o contacto de alguém se quiseres, basta me mandar msg privada, contudo, a escolha será da "minha opinião". Não sei se será a sua. Pode contudo experimentar.

Abraço.

Hugo Nunes
Psycana
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 6
Registado: domingo jan 13, 2008 12:19 pm
Localização: Aveiro/ Porto

Mensagempor Psycana » terça ago 05, 2008 11:28 pm

O meu agradecimento sincero pelos conselhos que me deram até agora. Isto sim é ser colega! :)

Obrigada e continuem a dar as vossas opiniões, por favor!

Saudações psis.
Psycana
Ana Rita
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1794
Registado: terça ago 31, 2004 1:44 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor Ana Rita » quarta ago 06, 2008 9:41 am

Olá Psycana, tal como o colega Hugo frisou, a experiência clínica é extremamente importante, pelo que também optei por um "sénior". No entanto, gostaria de te deixar uma ressalva. Independentemente das recomendações e do curriculo da pessoa há algo que considero fundamental: a forma como tu te sentes com a pessoa em questão. Por exemplo, em terapia (mas também se aplica a supervisão) não me senti confortável com a primeira pessoa que escolhi (sem colocar em causa a sua qualidade). Ou seja, a tua primeira escolha não é irreversível. Podes de facto procurar o melhor possível quem será mais indicado, mas depois o tua opinião é a mais válida.

Em termos de supervisão, identifico-me com a forma de trabalhar do terapeuta (muito profissional mas pouco ortodoxo) e sinto que estou de facto a aprender imenso. Sinto liberdade para expor o que sinto e penso perante cada caso, pelo que além de aprender com o "caso", aprendo mais acerca de mim e com o que cada pessoa me faz sentir.

Em termos de contactos não te posso dar, pois não és de LX e só conheço daqui. Boa sorte!
Se caíres sete vezes, levanta-te oito.
AbLaZe
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1498
Registado: sexta jun 01, 2007 12:27 pm
Localização: Neverland

Mensagempor AbLaZe » quarta ago 06, 2008 2:06 pm

Se fosse no Psicodrama, eu aconselhava o Dr. Roma Torres de olhos fechados! :)
Já tive formação prática (terapia de grupo) com ele e é excelente!
Fica no Porto, Psycana. Se quiseres, envio-te a direcção por MP.
Vi Veri Veniversum Vivus Vici
AbLaZe
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1498
Registado: sexta jun 01, 2007 12:27 pm
Localização: Neverland

Mensagempor AbLaZe » quarta ago 06, 2008 2:09 pm

Hum... Atenção que o Dr. Roma Torres é psiquiatra!
Vi Veri Veniversum Vivus Vici
Psycana
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 6
Registado: domingo jan 13, 2008 12:19 pm
Localização: Aveiro/ Porto

Mensagempor Psycana » quarta ago 06, 2008 2:14 pm

Obrigada pelo conselho, Ana Rita!
Soube hoje por uma colega que há uma psicóloga que, apesar de não ser "sénior", faz um trabalho muito bom de supervisão, em especial como moderadora de grupos de discussão. Só que está dirigida exclusivamente para a consulta infantil, no modelo cognitivo e comportamental... A abordagem que pretendo é esta mesmo, mas queria que fosse dirigida para o trabalho com adultos.
É pena, porque ficava perto de casa. :?

Saudações a todos!
Psycana

Voltar para “Campos de Acção, Modelos e Exercício”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante