Crianças em risco: legislação tem que mudar, defendem especialistas

A- A A+
Crianças em risco: legislação tem que mudar, defendem especialistas

Crianças em risco: legislação tem que mudar, defendem especialistas
19 Fevereiro 2007

Os maus-tratos físicos e psicológicos contra crianças têm baixado apesar de hoje em dia serem mais frequentes as denúncias públicas.

Juristas e psicólogos são unânimes ao defenderem que a lei tem de mudar, agilizando-se os procedimentos.

A linha SOS Criança registou em 2005 (últimos dados divulgados em Dezembro de 2006 no âmbito da rede Child Helpline International) 5.476 chamadas, entre denúncias de abuso e violência, de exploração, pedidos de apoio, de esclarecimento.

As crianças dos zero aos 18 anos são os principais «utentes» do Instituto de Apoio à Criança (IAC). Criado em 1983 em Lisboa, o instituto tem lutado pela defesa e promoção do direito das crianças à saúde, educação, segurança social e tempos livres, conforme disse a «O Primeiro de Janeiro» o coordenador do projecto.

O Primeiro de Janeiro