Estudo sobre a síndrome de Burnout

A- A A+
Estudo sobre a síndrome de Burnout Loucura Consciente 12 Setembro 2

Estudo sobre a síndrome de Burnout
24 Setembro 2008

 

Parece preguiça, mau humor ou indisposição crônica, mas pode ser a Síndrome de Burnout, também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional. Ainda pouco conhecida pela população, mas já incluída na CID, Classificação Internacional de Doenças, é reconhecida pelo Ministério da Saúde como doença ocupacional. Burnout é um distúrbio que se manifesta no ambiente de trabalho através de sentimentos de desgaste emocional, falta de realização profissional e em comportamentos que levam ao distanciamento da clientela podendo, em último caso, afastar o trabalhador de sua atividade.

Na Ulbra Canoas duas professoras do curso de Psicologia integram uma rede internacional de pesquisadores de Burnout. Em julho deste ano Mary Sandra Carlotto e Sheila Câmara, estiveram na Universidade de Valência, na Espanha, para a primeira fase de seu pós-doutoramento em Psicologia. Lá apresentaram os resultados da pesquisa realizada para validar no Brasil os instrumentos aplicados em países de língua espanhola e portuguesa para diagnóstico da Síndrome de Burnout.

Orientadas pelo professor da Universidade de Valência, Pedro Gil-Monte, doutor em Psicologia, Mary Sandra e Sheila traduziram a escala de avaliação e aplicaram em professores de Canoas e Porto Alegre. De acordo com Sheila os resultados comprovaram a eficácia da utilização do instrumento no Brasil. A mesma pesquisa é realizada em outros países da Europa e América Latina.

 

Fonte: Psicologia Virtual