PUB


A morte em direto. Eis o lado negro das redes sociais

A- A A+
A morte em direto. Eis o lado negro das redes sociais

Fonte: DN
Data: 2017-05-01

Não são fake news, são reais e são mesmo dadas em primeira mão nas redes sociais. Dias depois de, em Cleveland, nos EUA, um homem ter assassinado a tiro outro em direto no Facebook Live, acabando depois morto após perseguição policial, surgiu um outro caso chocante: um pai usou um smartphone e a mesma plataforma para mostrar-se ao mundo a cometer o homicídio da filha de 11 meses. Suicidou-se depois. São os mais recentes crimes em direto que a internet permite, depois do registo já de violações, agressões, suicídios ou incitamentos ao suicídio, de que é exemplo o chamado jogo Baleia Azul , que em Portugal já fez duas vítimas: uma jovem que, numa tentativa de suicídio, se atirou para a linha férrea, e um rapaz, que "desenhou" uma baleia no braço com um objeto cortante.

 

 Ler notícia completa