Estudo associa Bullying a problemas de comportamento alimentar

A- A A+
Estudo associa Bullying a problemas de comportamento alimentar

Fonte: Universia
Data: 2017-06-28

Este estudo inédito que envolveu 609 adolescentes do sexo feminino, 5475 mulheres adultas e 335 homens aponta para que experiências de Bullying na adolescência e perceções de inferioridade poderão estar na base de uma relação conflituosa com a alimentação e com a imagem corporal, podendo levar à obesidade e a patologias associadas como a depressão.

Realizada entre 2013 e 2017 por investigadores da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC) e da Faculdade de Medicina e Saúde da Universidade de Leeds, no Reino Unido, esta investigação integrou diversas abordagens sobre os problemas de comportamento alimentar.

Numa primeira fase, os investigadores focaram-se em perceber quais os fatores de risco para o desenvolvimento de problemas de comportamento alimentar na adolescência. Para isso, acompanharam ao longo de três anos 609 adolescentes do sexo feminino de escolas rurais e urbanas da Região Centro do país, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos.

A análise revelou que os adolescentes que passaram por experiências de bullying tendem a desenvolver sentimentos de vergonha em relação à sua imagem corporal e a iniciar comportamentos desregulados com a comida.

 

 Ler notícia completa