Ser despedido é pior do que um divórcio

A- A A+
Ser despedido é pior do que um divórcio

Fonte: Jornal de Negócios
Data: 2017-04-29

Funcionários despedidos nunca conseguem recuperar completamente o nível de bem-estar, um indicador que inclui saúde mental, auto-estima e satisfação com a vida, de acordo com dados fornecidos à Bloomberg, com base numa análise de mais de 4.000 relatórios.

Perder um emprego pode ser um golpe duro, capaz de causar uma queda maior na satisfação com a vida do que enviuvar ou se divorciar, de acordo com a análise, realizada pela Universidade de East Anglia e do What Works Center for Wellbeing, um órgão independente criado pelo Governo do Reino Unido.

Pessoas desempregadas ficam cada vez mais infelizes à medida que passam os anos. A sua maior esperança é encontrar um novo trabalho permanente - de preferência, com salário alto e muito prestígio - que consiga aliviar parte do choque.

 

 Ler notícia completa