Manifestação pública do dia 24 de Janeiro - Psicólogos

Terá o mercado nacional capacidade para absorver o elevado número de licenciados? Quais serão as repercussões futuras deste cenário nos profissionais, nos estudantes, no mercado de emprego e na própria sociedade? Como deverão proceder os licenciados para potenciarem as suas opções profissionais e de carreira?

Moderador: César

Acha que são necessárias mais acções deste tipo?

Votação encerrada em quinta jan 24, 2008 2:47 am

Sim
8
67%
Não
1
8%
Não sei
3
25%
 
Total de votos: 12
lucia silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 228
Registado: sexta fev 18, 2005 12:18 am
Localização: Portugal

Manifestação pública do dia 24 de Janeiro - Psicólogos

Mensagempor lucia silva » quarta jan 23, 2008 2:47 am

Ora aqui está mais uma acção pública dos psicólogos, colocada por alguém do SNP no local para o efeito, deste fórum, e passo a citar:

Cara/o (s)colega(s),

Tem sido com prazer que reparo que existe neste fórum um potencial de revolta saudável que pode e deve ser vivido e posto ao serviço da mudança.
O Sindicato Nacional dos Psicólogos promove , no próximo dia 24 de Janeiro, entre as 8 e as 13 horas, uma vigília, com recolha de assinaturas, à porta do ex-Hospital Miguel Bombarda. Os objectivos desta acção prendem-se com :
-o despedimento sistemático de Psicólogos contratados e consequente abandono terapêutico dos utentes;
-a realização de um pseudo-concurso externo (o Conselho de Administração anulou o júri porque discordou dos resultados);
-ia nterrupção dos estágios escolares e profissionais em curso;
-Oposição a uma Política de Saúde Mental que exclui a intervenção psicológica;

Resumindo, pensamos que esta acção pode ser simbólica e o embrião de muitas acções futuras relativas aos problemas da nossa classe (precariedade, desemprego, concursos fraudulentos, estágios de carreira inacessíveis, o papel da Psicologia na Política de Saúde Mental, o ensino da Psicologia nas escolas secundárias,etc...)

Divulga esta acção por todos os colegas que puderes e Participa.
A relação faz a força
Até dia 24, qualquer informação adicional contactem o Sindicato 960197085

Agora vamos ver quantas pessoas aparecem neste encontro, e a força que mostramos, ou não...
E já agora verificar se a comunicação social "cobre" este evento...
É que sem cobertura da comunicação social, e sem força política, tenho as minhas dúvidas de que a situação dos licenciados em psicologia no desemprego ou com contratos precários de trabalho alguma vez se resolva em portugal... :roll:
Saudações cordiais
lucia
AlexandraVilela
Membro Iniciante
Membro Iniciante
Mensagens: 27
Registado: terça set 18, 2007 11:33 am
Localização: Porto/Gondomar

manifestaçao

Mensagempor AlexandraVilela » quarta jan 23, 2008 1:28 pm

Na impossibilidade de ir ja fiz o meu dever...DIVULGAÇÃO!!!!!!!
Flávia
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 295
Registado: quarta ago 23, 2006 11:02 am

Mensagempor Flávia » quarta jan 23, 2008 8:26 pm

eu fiz o mesmo!!!

para quando algo assim em todo o pais?

Boa sorte para td os psicologos...
Beija-flor
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 499
Registado: quinta jan 05, 2006 7:59 pm

Mensagempor Beija-flor » quinta jan 24, 2008 11:13 am

Avatar do Utilizador
Psycologo
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 442
Registado: quinta out 28, 2004 10:42 am
Localização: Espinho
Contacto:

Mensagempor Psycologo » quinta jan 24, 2008 11:25 am

Poderiamos e deveriamos organizar uma iniciativa a nível nacional, com visibilidade, diferente do que se tem feito até aqui.
Quando tiver alguma ideia, irei expô-la. Agradeço sugestões vossas.

Quanto ao assunto apresentado. Não vou porque não posso, mas já avisei amigos e colegas
"Vive o Minuto ao Segundo"
Beija-flor
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 499
Registado: quinta jan 05, 2006 7:59 pm

Mensagempor Beija-flor » quinta jan 24, 2008 11:34 am

Quanto à iniciativa deste tópico, na minha modesta opinião, lamento que se trate mais de uma defesa de carácter institucional do que propriamente uma defesa da psicologia e dos psicólogos em geral...
lucia silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 228
Registado: sexta fev 18, 2005 12:18 am
Localização: Portugal

Mensagempor lucia silva » quinta jan 24, 2008 1:49 pm

Olá colegas,
concordo beija-flor, mas é um começo, e na solidariedade vê-se a força, ou não....

Penso que deve ser o começo dessa luta mais generalista e de âmbito nacional - por ex. à mesma hora, em vários locais do país, pelo direito ao emprego como principal bandeira, com o direito ao trabalho não precário, pelo direito aos concursos publicos "não viciados, transparente e com um lato numero de vagas, pelo direito ao estatuto docente, pelo direito ao ingresso nas várias carreiras contempladas na lei para a psicologia e na sua progressão", por ex.
Tudo isto, claro está com a devida cobertura mediática - isto é fundamental.

pelos psicólogos em portugal, e pelo direito ao exercício dignificante da nossa profissão!
saudações cordiais
Beija-flor
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 499
Registado: quinta jan 05, 2006 7:59 pm

Mensagempor Beija-flor » quinta jan 24, 2008 2:23 pm

Tb acho que é um começo, sempre é melhor do que o silêncio q se tem visto...

Não sei se viram, mas no Jornal das 13h na TVI fizeram referência à manifestação, apenas pude ver não tendo acesso ao som e o q pude ver foram 10 psicólogos no máximo à porta do HMB... Penso que em Lisboa existem mais do q 10 psicólogos desempregados... Nem os q foram despedidos devem ter aparecido tds..
Ana Rita
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1794
Registado: terça ago 31, 2004 1:44 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor Ana Rita » quinta jan 24, 2008 2:42 pm

Hoje estive na manifestação do Miguel Bombarda e foram lá assinar mais do que 10 psicólogos. Simplesmente entre as 8h e as 13h foram aparecendo e indo embora. De qualquer das formas penso que não reflectiu a quantidade de pessoas indignadas que se ouve por aí...enfim, depois não se queixem que ninguém faz nada! Vou-me inscrever no sindicato e participar ainda mais, façam o mesmo! As cotas são cerca de 8 euros por mês e é uma forma das pessoas estarem em contacto umas com as outras numa rede que precisamos.

Quanto ao facto de se falar dos desempregados participarem nestas manifestações, não são só eles que devem estatr presentes mas os empregados, sempre que possam também. Ou será que o lema é "já me safei, lavo daqui as minhas mãos?"
Se caíres sete vezes, levanta-te oito.
Avatar do Utilizador
Psycologo
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 442
Registado: quinta out 28, 2004 10:42 am
Localização: Espinho
Contacto:

Mensagempor Psycologo » quinta jan 24, 2008 2:45 pm

Ana Rita Escreveu:Ou será que o lema é "já me safei, lavo daqui as minhas mãos?"


Não me admirava nada que o fosse.
"Vive o Minuto ao Segundo"
Beija-flor
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 499
Registado: quinta jan 05, 2006 7:59 pm

Mensagempor Beija-flor » quinta jan 24, 2008 3:07 pm

O número refere-se ao que eu e td o país viu na televisão, folgo em saber que estiveram mais...

Qt à assinatura, coloquei aqui o endereço para q tds os q não puderam estar em Lisboa assinem.

Tb concordo q os q estão empregados participem nestas iniciativas e noutras, porém tb concordo q os empregados "lavem as suas mãos" da problemática da psicologia em Portugal... Qd estes é q têm "força" para se expressarem. Contudo, como mts tão empregados mas em situações precárias acabam por estar "caladinhos"...
lucia silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 228
Registado: sexta fev 18, 2005 12:18 am
Localização: Portugal

Mensagempor lucia silva » quinta jan 24, 2008 5:10 pm

Boa tarde,

Quando coloquei esta situação a votos, reparem que até o voto (à distância de um clic), foi tão pequeno, comparativamente com o número de pessoas neste fórum...
Se até para votar é assim, quanto mais a participação no local...

Entretanto vi/ouvi na tv, sic notícias, a alusão a esta recolha de assinaturas ( pelo menos a tvi e a sic divulgaram, mas nas imagens mostraram apenas a fachada do hospital sem ninguém - deveria ser gravado, não passava mesmo ninguém).
Foi apenas uma breve informação que transmitiram.
Penso que em termos concretos ainda nada mudou na situação...


Saudações cordiais
Última edição por lucia silva em domingo jan 27, 2008 11:12 am, editado 2 vezes no total.
Flávia
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 295
Registado: quarta ago 23, 2006 11:02 am

Mensagempor Flávia » sexta jan 25, 2008 10:51 am

Novidades?

surtiu algum efeito?

Espero que sim..

Boa sorte a todos
NunoF
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 1328
Registado: segunda jul 02, 2007 9:04 pm
Localização: Pizzaria

Mensagempor NunoF » sexta jan 25, 2008 1:44 pm

E Novidades?
Vendo pizzas congeladas :D
Ana Rita
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1794
Registado: terça ago 31, 2004 1:44 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor Ana Rita » sexta jan 25, 2008 3:20 pm

Concordo consigo Lúcia mas muitos ficam à espera que algo de novo aconteça enquanto esperam acontecer...enquanto assim for quaisquer (ex) trabalhadores da fábrica X vão ter mais visibilidade do que nós.
Se caíres sete vezes, levanta-te oito.
Flávia
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 295
Registado: quarta ago 23, 2006 11:02 am

Mensagempor Flávia » domingo fev 03, 2008 10:40 pm

infelizmente nem mesmo nós, os da classe sabemos quais os efeitos da psedo manifestação...

daqui se podem tirar conclusões....
Freud_renascido
Membro Iniciante
Membro Iniciante
Mensagens: 24
Registado: quarta jan 23, 2008 1:02 am

Mensagempor Freud_renascido » segunda mar 03, 2008 3:06 am

Caros colegas,

No âmbito da "Campanha para a Empregabilidade - Faltam Psicólogos na Saúde e na Educação", promovida pelo SNP durante o ano passado, foram recolhidas mais de 11.000 assinaturas.

O SNP promove, no próximo dia 3 de Março, das 10 às 13 horas, no Largo Camões, em Lisboa, uma acção de contacto com a população para denunciar a situação profissional dos Psicólogos, com concentração às 13.30h para deslocação à Residência Oficial do Primeiro Ministro, para Audiência marcada às 15 horas com o Assessor para os Assuntos Sociais e do Trabalho, Artur Penedos e entrega de todas as assinaturas.

Neste sentido, apelamos à mobilização máxima de todos os Psicólogos para acompanhar o SNP nesta luta em defesa dos nossos direitos laborais enquanto Psicólogos!

Porque o sentimento de insatisfação é geral, entre os que estão empregados e os que se encontram no desemprego ou em situação precária!

Porque acreditamos possuir razões válidas, mais que suficientes para nos unirmos, protestarmos e lutarmos, pelos nossos direitos e dignidade da nossa profissão!

Participa! Dá mais força ao SNP! "
Freud_renascido
Membro Iniciante
Membro Iniciante
Mensagens: 24
Registado: quarta jan 23, 2008 1:02 am

Mensagempor Freud_renascido » segunda mar 03, 2008 3:08 am

Car@s colegas,

Como Dirigente do Sindicato Nacional dos Psicólogos e como Psicóloga a exercer há 4 anos, na Função Pública (desde que acabei o curso), gostaria de partilhar convosco algumas questões e reflexões:

1. Foi com grande emoção que li este tópico de discussão. Sempre acreditei que havia uma massa de gente com vontade de transformar a sua insatisfação em acção, em prol de causas tão válidas como a defesa da Psicologia e dos Psicólogos no nosso país.

2. Porque me considero uma pessoa lutadora e porque sempre considerei que a luta individual não nos leva longe, e porque acredito que a luta deve ser feita em colectivo, assim que acabei o curso inscrevi-me imediatamente no Sindicato Nacional dos Psicólogos. Sempre achei que a Organização que me deve representar na defesa dos meus direitos enquanto trabalhadora é um Sindicato, por isso e como já o conhecia o SNP dos tempos de faculdade, por ter colaborado no passado, achei que era aí que eu iria despender o meu pouco tempo que tenho em prol da defesa da Psicologia. Sempre fui sindicalizada, mesmo antes de ser Psicóloga, pois sempre achei ser este o espaço para dar voz aos trabalhadores e lutar pelos nossos direitos

3. Nesse mesmo ano, fui eleita para a Direcção do SNP numa equipa de outros tantos como eu, mas poucos, que vieram com vontade de mudar. É certo que o SNP teve ausente durante muitos anos e hoje sofremos as consequências dessa ausência.

Mas está na hora de mudar!

4. Por isso este Sindicato tem feito um grande esforço para se organizar e para mobilizar os Psicólogos pela defesa dos seus direitos e contra o desemprego e a precariedade. Estes são os grandes flagelos da nossa profissão, para não falar do Voluntariado. Mas o voluntariado só existe porque existe desemprego e precariedade, caso contrário os Psicólogos não se submetiam a esse papel.

5. Não tem sido fácil. Pôr uma estrutura desta natureza a funcionar é difícil, é preciso organizar e intervir, por isso a nossa proposta é:
Mobilizar os Psicólogos para a luta .
É preciso que os Psicólogos venham ao Sindicato e dêem corpo, dinâmica e força.

6. A luta é de todos! É minha porque, apesar de ter emprego, luto pela dignidade da minha Profissão. Luto por todos os que estão no desemprego, os que estão precários e os que estão a sofrer com o Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE), todos merecem a nossa solidariedade e a nossa acção.

6. Apesar de ser daquelas que alguém considera ser uma "privilegiada", pois sou Psicóloga Funcionária Pública até amanhã, dia 29 de Fev. A partir de 1 de Março, passo a ter um Contrato de Trabalho de Funções Públicas. Trabalho na Função Pública há 19 anos, sou funcionária do Quadro há 13 e agora?... Segundo a nova legislação da Aposentação, ainda tenho mais 30 anos de trabalho. Feitas as contas, irei trabalhar quase 50 anos da minha vida e isto porque comecei a trabalhar aos 18, se eu era daquelas a quem chamam "privilegiada", onde é que estão os meus privilégios?
Sim, onde estão os salários dignos? Há anos que perdemos poder de compra? Para onde vai a Estabilidade e a Segurança? Não somos nós que sustentamos a maioria dos impostos em Portugal? Será que acreditam que os Funcionários Públicos são mesmo privilegiados e que não fazem nada? Só pode pensar assim quem não conhece a Função Pública.
Há muita coisa errada na Administração Pública, mas o problema vem exactamente daí, da Administração e não de quem trabalha. Porque na Administração Pública existem aqueles que administram, gerem e dirigem a casa e depois existem aqueles que trabalham. Aqueles que dão a sua força de trabalho e cumprem ordens, orientações, entre outros.

7. É por tudo isto e por todas as injustiças que acontecem com os Psicólogos neste país, que eu transformo a minha revolta e insatisfação em acção e em luta.

8. Por isto, que no dia 3 de Março irei estar com o SNP a lutar pela defesa de um espaço digno para Psicologia em Portugal, das 10 às 13 horas no Largo do Camões, para depois irmos para a Residência Oficial do Primeiro Ministro entregar mais de 11 mil assinaturas.

PARTICIPA TU TAMBÉM! DÁ MAIS FORÇA AO SNP!

AIB

Voltar para “Mercado de Trabalho, Emprego e Carreira”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante