Sites de emprego

Terá o mercado nacional capacidade para absorver o elevado número de licenciados? Quais serão as repercussões futuras deste cenário nos profissionais, nos estudantes, no mercado de emprego e na própria sociedade? Como deverão proceder os licenciados para potenciarem as suas opções profissionais e de carreira?

Moderador: César

Avatar do Utilizador
Liliana Costa
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 627
Registado: terça fev 01, 2005 2:14 pm
Localização: Amarante,Porto
Contacto:

Sites de emprego

Mensagempor Liliana Costa » sexta dez 12, 2008 11:26 am

Caros colegas

Decidi pôr aqui um tópico de discussão acerca dos novos métodos de recrutamento, os sites de emprego, como netempregos, empregoonline e outros. O que acham deste tipo de selecção? Consideram que têm tido mais entrevistas através destes sites? Na minha opinião estes sites disponibilizam de facto imensos anúncios mas depois de respondermos parecem não darem continuidade à nossa candidatura. Eu respondo bastante desta forma mas confesso que até agora as entrevistas a que tenho ido são todas de respostas tradicionais, quer pelo envio por carta ou por telefone. Por e-mail directo também já me chamaram, agora por resposta a site nunca!!!
ameliedoux
Membro Amador
Membro Amador
Mensagens: 41
Registado: sexta nov 21, 2008 6:03 pm

Mensagempor ameliedoux » sexta dez 12, 2008 4:14 pm

Sim, já há muito que reparei nisso, noutros contextos sem ser directamente relacionados com sites de procura de emprego. Parece que há um descrédito em relação a este meio electrónico de informação ou pelo menos uma preterência. Isso tem que ver tanto com polítcas "de papel" como com funcionalidades estruturais. Receber candidaturas electrónicas é uma coisa, mas recolher, tratar e agilizar essa informação é outra.
E depois ainda me parece que há uma espécie de efeito pigmaleão: acredito que uma candidatura recebida em carta tradicional, registada, com apresentação etc, enfim da forma comum, tem mais peso que os mesmíssimos documentos digitais que lhes deram origem mas que chegam através de email. Há os casos de empresas que disponibilizam um formulário. Essas evidenciam uma organização estrutural diferente, aida que possam eventualmente redundar num ficheiro final gerado a partir dos forms e não tanto a integrar directamente uma base de dados elecrtónica.

Divaguei um bocadinho mas em jeito de resumo digo apenas que concordo consigo: esses sites mais parecem montras de emprego, o que não significa que a comunicação seja bidireccional. Mas há sem dúvida um sentido predominante. Um conselho que lhe dou e que às vezes uso com relativo sucesso em termos de ter uma resposta é que tente saber um outro contacto da empresa, seja postal seja electrónico, e que submeta a sua candidatura dessa forma também. Tem 2 percursos paa chegar ao mesmo local, sendo que um deles é livre de intermediários (no caso, sites de empregos). Mas lá está... nem sempre é possível.
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » domingo dez 28, 2008 10:34 pm

Eu para já não me posso queixar. Respondi a um anúncio aqui colocado e fui escolhida. Acho que é como tudo, às vezes temos sorte outras vezes não.
Das vezes que tenho enviado c.v. tenho sido chamada para entrevista.

Mas também considero importante a adequação dos nossos c.v.s ao pedido feito, sei que muita gente envia c.v.s para tudo e para todos, o que faz demorar os processos de selecção para os que têm c.v. adequado, já para não falar de pretensos anúncios para preencher vagas já ocupadas.

Candidaturas espontâneas, do meu ponto de vista e de acordo com a minha experiência (subjectiva), os resultados são nulos.

Sublinho mais uma vez a adaptação do c.v. ao posto a que concorremos, não posso deixar de referir uma situação que me aconteceu há uns 2 ou 3 anos, dum concurso público onde concorreram 170 pessoas a um lugar como psicólogo e apenas fomos 2 a entrevista após análise do c.v..Já para não falar na experiência pedida que a maioria não tinha, houve pessoas a concorrer que nem tinham ainda acabado o curso...

Creio também que existe uma diferença enorme no tratamento que um candidato tem em Portugal e tem lá fora. Enviei o c.v também para fora, (já estive por 2 vezes a trabalhar enquanto Psicóloga fora de Portugal) e, quando me enviam resposta esta é dada de forma personalizada. Na mesma altura enviando candidatura espontânea para cá, a resposta é sempre a mesma, foi para o Departamento respectivo, de momento não estamos a precisar, blá blá bla. Mas lá está, quando envio c.v. faço questão que o meu perfil corresponda ao pedido ou esteja bem próximo.
Se calhar pelos padrões portugueses e pelo que vejo reflectido neste fórum estou errada, mas pronto, errada mas feliz... :D
PsiSandrovski
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 320
Registado: segunda mar 12, 2007 7:31 pm
Localização: Braga

Re: Sites de emprego

Mensagempor PsiSandrovski » segunda dez 29, 2008 9:39 am

Liliana Costa Escreveu:Caros colegas,
Decidi pôr aqui um tópico de discussão acerca dos novos métodos de recrutamento, os sites de emprego, como netempregos, empregoonline e outros. O que acham deste tipo de selecção? Consideram que têm tido mais entrevistas através destes sites? Na minha opinião estes sites disponibilizam de facto imensos anúncios mas depois de respondermos parecem não darem continuidade à nossa candidatura. Eu respondo bastante desta forma mas confesso que até agora as entrevistas a que tenho ido são todas de respostas tradicionais, quer pelo envio por carta ou por telefone. Por e-mail directo também já me chamaram, agora por resposta a site nunca!!!


Liliana,
pessoalmente acho que deverão sempre responder aos anúncios tal como é pedido. Isto é, se num anúncio colocado em www.net-empregos.com a empresa indica um endereço de e-mail, não se candidatem enviando resposta pelo site net-empregos (geralmente, a informação que consta por essa resposta é mínima). É preferível fazerem um e-mail, indicando claramente a que oferta se candidatam (ex: "candidato-me ao lugar de Psicóloga publicado em www.net-empregos.com na data --/--/----").
Vários sites de emprego vão buscar anúncios ao net-empregos, mantendo os anúncios activos mesmo quando as empresas já o retiraram do net-empregos. Por isso, o melhor será sempre responder directamente para as empresas.
Como a colega Vectrapc referiu, devemos sempre adequar a nossa candidatura à oferta a que nos candidatamos. Não acho que se deva desistir à partida se não correspondermos a um ou dois critérios do anúncio... muitas vezes são factores preferenciais e não exclusivos e podemos ter outras mais-valias para apresentar - devemos é referi-las, claramente.

Depois há coisas que podem parecer desnecessárias referir, mas como no meu trabalho já vi coisas que não lembram nem ao Menino Jesus, cá vai:
* Indicar SEMPRE a oferta a que nos candidatamos
(recebo imensos e-mails sem assunto, sem texto e simplesmente com um CV anexado, parece estarem a dizer "vá, adivinha lá a que é que eu me candidato")
* Atenção aos erros ortográficos!!!!
* Fazer uma apresentação, que realce as mais-valias para a vaga que não constam do CV;
* Mencionar no CV a morada, a data de nascimento... (há pessoas que omitem!)

Se me lembrar de mais, venho cá dizer :wink:

Boa sorte :lol:
DanielaC
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 84
Registado: sábado nov 29, 2008 4:19 am

Mensagempor DanielaC » segunda fev 02, 2009 2:28 am

Ola

Por acaso é curioso que já uma vez tinha falado com uma colega sobre esta questão dos sites de emprego...e chegámos à conclusão de que nunca tinhamos sido chamadas para entrevista após candidatura feita desta forma...começámos a achar que nesses sites na grande maioria das vezes só querem pessoas com experiência (que na altura não era o nosso caso) ou então até agora tivemos azar...mas das minhas colegas não conheço ning k ja tenha sido chamada para entrevista através de um anúncio do netempregos por exemplo...às vezes até dá a sensação que responder a anúncios do netempregos é responder para o boneco...mas posso estar errada...tambem sei que há muita gente k responde e portanto a probabilidade de sermos chamados para entrevista é muito pequena...alguem ja foi chamado para entrevista após candidatura a um anúncio do netempregos?
PsiSandrovski
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 320
Registado: segunda mar 12, 2007 7:31 pm
Localização: Braga

Mensagempor PsiSandrovski » segunda fev 02, 2009 9:22 am

DanielaC,

a situação de trabalho que tenho actualmente surgiu por um anúncio net-empregos. Respondi a um determinado anúncio (mais uma vez sublinho: respondi para o e-mail que a empresa indicou no anúncio, não respondi através do site), a empresa chamou-me para entrevista. Não fiquei no lugar a que concorri inicialmente, porque na entrevista a empresa me falou de uma outra vaga que era bem mais do meu interesse.

Por isso, realço: vale a pena consultar os anúncios do net-empregos (é o 1º lugar onde as empresas divulgam as ofertas, muitas vezes), mas esqueçam aquelas opções que o site dá de "candidatar-me a esta oferta" (a não ser, obviamente, que a empresa solicite expressamente a candidatura por essa via - costuma acontecer no site do expresso emprego, ou lá como se chama).
Anotem o endereço de e-mail da entidade e enviem e-mail com a vossa apresentação e CV anexado. É muito melhor :wink:
Boa sorte
susana.louro
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 173
Registado: domingo fev 01, 2009 10:33 pm

Mensagempor susana.louro » segunda jan 11, 2010 6:57 pm

Se interessar a alguém, aqui vai algo que recebi hoje no meu email:

http://emprego.agenda-portugal.com/sites
Marli Pacheco
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 1
Registado: sábado set 19, 2009 2:37 pm

Re: Sites de emprego

Mensagempor Marli Pacheco » quarta fev 16, 2011 7:50 pm

Boa Tarde.

Sem duvida, que estes sites de emprego são uma grande ajuda.... No entanto, é pena percebermos a dificuldade em encontrar trabalho na área. A luta continua !!!
stephaneferreira
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 10
Registado: quarta mar 23, 2011 9:21 am

Re: Sites de emprego

Mensagempor stephaneferreira » sexta nov 04, 2011 10:08 pm

Haha, se eu tivesse de ajustar o meu CV, carta de apresentação e email a todas as ofertas que respondi, teria 24217326723643276432 versões...

Há que fazer uma versão, adequada para o máximo de locais possíveis. É assim que se faz noutros países, que considero mais competentes na oferta e busca de emprego.

Cumprimentos

Voltar para “Mercado de Trabalho, Emprego e Carreira”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes