Processo ainda "em avaliação" na Ordem...Mais algu

A regulação e regulamentação da formação e do exercício da psicologia em Portugal. A acreditação e certificação. A organização da classe profissional. Os direitos e deveres laborais. As organizações representativas. A identidade e a imagem dos Psicólogos.

Moderador: Cristina

psifer
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 316
Registado: segunda jun 02, 2008 12:05 am

Processo ainda "em avaliação" na Ordem...Mais algu

Mensagempor psifer » quarta jun 09, 2010 4:14 pm

o meu processo ainda está em avaliação (desde Fevereiro), quando consulto o estado no site da Ordem...já enviei várias reclamações para lá, pois é uma situação que preciso de ver esclarecida, mas a resposta é sempre para aguardar...como é que é possível já há tanto tempo isto andar assim?! fui excluída da lista de efectivos mas pelos vistos ainda posso vir a ser considerada efectiva, uma vez que o meu processo ainda está a ser avaliado...então se há esta possibilidade, pq me excluíram logo da lista? não teria mais lógica apenas fazerem eleições e lançarem listas quando tivessem analisado todos os processos?? há mais alguém nesta situação?
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » quarta jun 09, 2010 10:50 pm

Psifer, não foi excluída da lista dos efectivos dos cadernos eleitorais, não foi mas é incluída, é algo diferente. Dizer que foi excluída quer dizer que foi analisada o seu processo, incluída e depois retirada, parece-me que não foi o caso pelo que diz.

Ser considerado efectivo podemos todos desde que provemos o que vem definido no regulamento de inscrição.

As eleições tinham de acontecer por lei, pois mais uma vez estava definido em documento oficial tal procedimento, a CI não poderia nunca ficar mais que 1 ano em funções, para tal era necessário marcar eleições na data em que foram marcadas (poderiam abrir inscrições antes, mas também ia dar ao mesmo conhecendo o portuguesismo).

Se é para ficar à espera de todos os processos, quer dizer que nunca haveriam eleições, pois as inscrições estão sempre abertas e estão sempre colegas a proceder ao envio da documentação.

De certeza que existem mais colegas nessa situação, só mesmo a Ordem poderá informar ou não do que se passa.
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
psifer
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 316
Registado: segunda jun 02, 2008 12:05 am

Mensagempor psifer » sábado jun 12, 2010 7:54 pm

a questão é que eu enviei todos os documentos na data indicada, por isso pelo menos a essas pessoas já devia ter sido comunicada uma decisão...........e se já sabiam com antecedência que a CI não poderia ficar mais de 1 ano em funções e que teria que haver forçosamente eleições então deveriam mesmo ter aberto as inscrições antes para terem tempo de analisar os processos!
compreendo que quem fez a sua inscrição depois de 15 de Fevereiro não possa ter uma resposta tão rápida, mas pensei que quem o fizesse nas datas indicadas por eles teria uma resposta célere....pensei que seia esse o objectivo de existirem essas datas, mas pelos vistos calcularam mal as coisas....já estou há 4 meses há espera de uma resposta!! enfim.....!
Cristina Machado
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 302
Registado: sexta jul 06, 2007 11:47 am

Mensagempor Cristina Machado » terça jun 15, 2010 12:13 pm

Colega Psifer eu inscrevi-me em Dezembro de 2009 e também ainda não tenho nenhum feedback sobre o meu processo, por isso não se espante de não lhe terem dado uma resposta.

Melhores dias virão :wink:
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » terça jun 15, 2010 7:15 pm

E não vos pediram mais documentos? Não receberam ainda nenhum email a pedir mais documentação?
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
Cristina Machado
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 302
Registado: sexta jul 06, 2007 11:47 am

Mensagempor Cristina Machado » terça jun 15, 2010 9:16 pm

vectrapc Escreveu:E não vos pediram mais documentos? Não receberam ainda nenhum email a pedir mais documentação?


Colega Vectrapc não me pediram mais documentos, por isso deduzo que tenha enviado toda a documentação.
delirium_Cordia
Membro Iniciante
Membro Iniciante
Mensagens: 24
Registado: quarta set 02, 2009 1:52 pm

Mensagempor delirium_Cordia » quarta jun 16, 2010 2:41 pm

Boas tardes colegas,

Eu também me encontro, de alguma forma, nessa posição. Enviei toda a documentação no dia 13 de Fevereiro e ainda não tive nenhum feedback. Aliás, enviaram-me um e-mail no final do mês de Abril a pedirem-me a cópia autenticada do Certificado de Habilitações ou o original do mesmo... Obviamente que respondi, referindo que essa documentação já tinha sido enviada... Já tentei telefonar (sem sucesso), já enviei 2 e-mails para esclarecer a questão... Nunca me retornaram uma resposta... :roll:
Raquel Raimundo
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 112
Registado: sábado mar 17, 2007 10:27 pm

Mensagempor Raquel Raimundo » quarta jun 16, 2010 9:19 pm

As/os colegas Cristina Machado e psifer conseguiram enviar declarações que comprovam, pelo menos, 18 meses de experiência profissional?
Cristina Machado
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 302
Registado: sexta jul 06, 2007 11:47 am

Mensagempor Cristina Machado » quarta jun 16, 2010 9:49 pm

Raquel Raimundo Escreveu:As/os colegas Cristina Machado e psifer conseguiram enviar declarações que comprovam, pelo menos, 18 meses de experiência profissional?


Colega Raquel eu acabei o curso em Julho de 2008 no regime pré-bolonha e na altura que me inscrevi na Ordem, inscrevi-me na categoria Reconhecimento Profissional, visto ser esta a indicação que tive por parte da senhora que me atendeu o telefone quando telefonei para a Ordem, de forma a saber qual a categoria mais indicada.

Como é óbvio na altura não tinha 18 meses de experiência profissional. Mas enviei toda a documentação requerida.

Já enviei vários emails para a Ordem e ainda não obtive resposta. E sempre que tento telefonar ninguém atende. Tal como, sempre que tento fazer login com os dados que me foram fornecidos não consigo.

Inclusivé enviei o meu certificado de habilitações original, já precisei dele e não o tenho. Não consigo perceber o porquê de tanta demora na resposta.
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » quarta jun 16, 2010 9:53 pm

Devem estar a aguardar a saída do regulamento de estágios para se perceber em que moldes será feito o reconhecimento profissional, porque se verificar na regulamentação existente, o reconhecimento profissional não é uma categoria oficial.

Talvez após a regulamentação dos estágios e/ou a alteração à lei de reconhecimento dos 18 meses de experiência profissional deverá haver resposta para essas situações menos claras.
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » quarta jun 16, 2010 9:54 pm

Tenho observado que apenas têm sido aprovados membros efectivos e membros estagiários. Não vi ainda ninguém que se tenha inscrito para reconhecimento profissional ter tido aprovação.
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
PsiLia
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 323
Registado: terça fev 19, 2008 11:26 am
Localização: Figueira da Foz

Mensagempor PsiLia » quinta jun 17, 2010 9:16 pm

Se encontram sem resposta devem estar ou incluídas em estagiários ou então dadas as pilhas de processos ainda não tenham chegado aos vossos.
Eu entendo perfeitamente a vossa inquietude, eu mesma estive na mesma situação, embora o meu processo já tenha evoluido de em avaliação para aceite, o que me fez um jeitão para poder subir de cargo no local de trabalho já que esse era um dos requisitos.

No entanto, tenham calma, cedo ou tarde os esclarecimentos virão.
De qualquer forma com ordem ou desordem eles têm de se mexer e pôr mãos à obra a ver se temos dignidade profissional em Portugal.

Boa continuação e não desanimem!!!
Abraço
:wink:
sandra5400
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 113
Registado: sexta fev 11, 2005 11:46 am
Localização: Porto
Contacto:

Mensagempor sandra5400 » sexta jun 18, 2010 7:38 pm

Caros colegas

Peço desculpa desde já se a minha questão for um pouco "idiota", mas o facto de ainda estar em avaliação, não implica que não possamos trabalhar na área? afinal a nossa inscrição ainda n foi validada certo?
saudações
Sandra Cunha
pi.r
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 113
Registado: quarta jan 07, 2009 10:45 am

Mensagempor pi.r » sábado jun 19, 2010 2:41 pm

sandra5400 Escreveu:Caros colegas

Peço desculpa desde já se a minha questão for um pouco "idiota", mas o facto de ainda estar em avaliação, não implica que não possamos trabalhar na área? afinal a nossa inscrição ainda n foi validada certo?


A sua pergunta não é nada idiota. O problema é que não há uma resposta simples para esse facto:
- Legalmente, segundo a Lei 57/2008, não pode de facto exercer a menos que tenha sido reconhecida a sua inscrição como membro efectivo da OPP.
- Não tendo sido ainda publicado o regulamento de estágios, nenhuma outra situação de exercício profissional está legitimada que não a dos membros reconhecidos já como efectivos, mas também não existe qualquer regulamentação aplicável aos psicólogos nesta situação (direitos e deveres dos membros estagiários, quais os procedimentos para realizar o estágio, quando se poderá iniciar, em que condições, etc).

No entanto, se antes da constituição da Ordem estava em condições de exercer, não é constitucionalmente defensável que tenha perdido retroactivamente esse direito (e a constituição tem precedência sobre as outras leis).

Também não é muito defensável que as pessoas larguem os seus trabalhos, ou que não aceitem ofertas novas, e fiquem à espera que a regulamentação seja finalmente publicada (note-se que todos os que terminaram a sua formação desde 16 de Outubro de 2007, deveriam, do ponto de vista estritamente legal, estar à espera dessa regulamentação, sem poderem exercer psicologia ou intitularem-se psicólogos).

Concluindo, aqueles que assumirem o risco de trabalhar na área sem estarem ainda inscritos como membros efectivos poderão vir a ser alvo de processos judiciais, que provavelmente conseguirão contestar, mas que não deixarão de ser uma grande dor de cabeça.

Voltar para “Regulamentação, Exercício e Identidade Profissional”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes