Página 1 de 9

Regulamento de Quotas e Taxas da Ordem dos Psicólogos

Enviado: quarta out 20, 2010 1:54 pm
por PsyCaty
Colegas,

Penso que isto poderá interessar-nos a todos!
Saiu hoje no DR:

http://dre.pt/pdf2sdip/2010/10/204000000/5190251902.pdf

Cumprimentos

Enviado: quarta out 20, 2010 2:18 pm
por pi.r
https://www.ordemdospsicologos.pt/noticia/82

E aqui está o balde de água fria para todos os que acreditaram que os estágios da ordem constituiriam uma luz ao fundo do túnel: os estágios são auto-propostos, podem não ser remunerados, implicarão frequência de cursos pagos na OPP e exigem tempo inteiro (1600 horas em 12 meses).

Aqueles que entretanto (desde Outubro de 2007) foram conseguindo trabalhar, só se completarem as 1600 horas num ano, e se a Comissão de Estágios o permitir, poderão ver reconhecida a sua experiência.

As instituições por esse país a fora devem estar a esfregar as mãos.

E os psicólogos?

É claro que, em teoria, tudo isto era muito bonito e representaria uma qualificação da profissão. Mas não me está a parecer que a realidade seja essa. Sobretudo para todos os que terminaram os seus cursos a partir de Outubro de 2007, ou que terminando antes não comprovaram os célebres 18 meses.

Pelo menos, agora já sabemos todos com o que contamos.

Enviado: quarta out 20, 2010 2:25 pm
por PsyCaty
Acho curiosa é a questão de os psicólogos com mais de 5 anos pós licenciatura terem de pagar uma quota de 12 Eur/mês, enquanto que os que têm menos de 5 anos, pagam 8 Eur...

Acaso consideram que um psicólogo com mais de 5 anos de suposta experiência profissional ganha mais??!! E quem não progride sequer na carreira nem é aumentado há anos?? E quem entretanto mudou de emprego e viu piorada a sua situação profissional??

Enviado: quarta out 20, 2010 2:48 pm
por cristinapereira
A questão dos 5 anos realmente não faz sentido. Tendo em conta o desemprego que sempre existiu (e existe cada vez mais!), o facto de se ter 5 anos de experiência não garante que tenhamos 12 euros mensais para pagar. Nesse documento também reparei que falam em psicólogos especialistas. Até agora só tinha visto membros efectivos vs estagiários. Quem são os psicólogos especialistas? Quem tem mais de 5 anos de experiência?

Enviado: quarta out 20, 2010 2:51 pm
por pi.r
A questão dos especialistas relaciona-se com os colégios da especialidade, que ainda não estão constituídos. Terão de existir comissões de instalação para os colégios, e depois darão origem à atribuição da especialidade, supõe-se que em clínica, social, educacional, saúde...

Enviado: quarta out 20, 2010 3:45 pm
por cristinapereira
Será que quem tem mestrado (pré-bolonha) pode pedir equivalência para ter direito à especialidade?

Enviado: quarta out 20, 2010 3:58 pm
por Cátia Gomes
que confusao colegas

Alguem sabe se podemos fazer estagio atraves de recibos verdes?
N encontrei nada no DR acerca de regime de prestaçao de serviços...

E o nosos orientador tem q estar no local do estágio? ou pode trabalhar para outra empresa ou instituição que n aquela na qual estamos?

Se alguem me souber responder seria eternamente agradecida.

:D
Cumprimentos

Enviado: quarta out 20, 2010 4:02 pm
por PsyCaty
Eu considero que a questão da especialidade pode ser bastante controversa. A minha pré-especialização é em Psicologia Desenvolvimento e Educação Criança, e no entanto a minha área de intervenção profissional é muito mais abrangente do que isso! Toca os domínios da intervenção social e comunitária, consulta psicológica/clínica e ainda a área da formação.

Questiono-me até que ponto será favorável para nós termos uma especialização em determinada área... Poderemos trabalhar posteriormente noutra área??!! Não será redutor para a nossa prática? Não nos fechará o leque de oportunidades? :?:

Enviado: quarta out 20, 2010 4:02 pm
por Scunha
E quando é que devemos começar a pagar? A partir de Janeiro de 2011?

Saudações cordiais

Enviado: quarta out 20, 2010 4:22 pm
por Scunha
Eu tb considero muito desajustada a diferença de valores, é precisamente como a colega anterior referiu, mais anos de experiência n é sinónimo de mais estabilidade profissional...

Enviado: quarta out 20, 2010 4:40 pm
por crazyr
PsyCaty Escreveu:Acho curiosa é a questão de os psicólogos com mais de 5 anos pós licenciatura terem de pagar uma quota de 12 Eur/mês, enquanto que os que têm menos de 5 anos, pagam 8 Eur...

Acaso consideram que um psicólogo com mais de 5 anos de suposta experiência profissional ganha mais??!! E quem não progride sequer na carreira nem é aumentado há anos?? E quem entretanto mudou de emprego e viu piorada a sua situação profissional??


E quem está actulmente desempregado??? Tem que pagar?? Mesmo que nem esteja a exercer?? :roll:

Enviado: quarta out 20, 2010 5:54 pm
por anaruteduarte
pois eu não vou pagar nem fazer estágio não remunerado, tenho contas pra pagar. eles são loucos!

Enviado: quarta out 20, 2010 6:00 pm
por pi.r
anaruteduarte Escreveu:pois eu não vou pagar nem fazer estágio não remunerado, tenho contas pra pagar. eles são loucos!


O problema, colega, é que se não o fizer pode acontecer isto:

in Correio da Manhã: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/notic ... ontratados

Outra proposta apresentada pela OP é a exigência de identificação de quem pratica actos psicológicos em contexto escolar. "Há muitas pessoas a exercer, não apenas nas escolas, que não são psicólogos. Tem de se exigir cédula, vinhetas, algo que identifique o profissional", explicou.

Segundo o bastonário, a OP detectou 64 profissionais não inscritos. Em alguns casos, foi apresentada queixa no Ministério Público. "Se houver uma queixa e o profissional não estiver inscrito, é um problema do foro criminal, é um caso de usurpação de título."

Enviado: quarta out 20, 2010 6:06 pm
por Catiavmp
Secalhar vou fazer uma pergunta disparatada mas alguem me sabe explicar o que são as vinhetas e para que servem?

Enviado: quarta out 20, 2010 6:24 pm
por cmcf
Acho que as vinhetas deve ser uma coisa parecida com as vinhetas medicas autocolantes...devem ter que ser colocadas em todos os documentos que o psicólogo fizer.

Enviado: quarta out 20, 2010 7:25 pm
por Isa_f
Perante os recentes acontecimentos só me resta fazer este comentário.

Enquanto esperamos por uma ordem que defenda os nossos interesses e dignifique a nossa classe, parece me que a mesma se encontra unica e exclusivamente preocupada em estabelecer valores, e pagamentos, e cotas e afins. Sim porque eu ainda não vi nada feito de concreto. È que para além de já termos gasto imenso em formação, concluo que ainda temos de pagar para exercer.

Eu ainda nao estou inscrita na ordem, a mim custa-me pagar 180 euros para depois nem obter sequer uma resposta em como a minha inscrição foi registada. E quanto aos estágios profissionais corrijam-me se estiver errada, mas é preciso pagar para efectua-los.

Estou indignada!

Enviado: quarta out 20, 2010 8:23 pm
por aniger
Pois eu acabei agora o curso e casa vez mais estou desanimada...os estágios já eu sabia que eram auto-propostos (quando mandei email à ordem, foi o que responderam...), logo se toda a gente tivesse grandes cunhas...é natural que se encontrem estágios...


Agora sem cunhas...não se arranjam estágios remunerados e se tivermos a fazer um não remunerado o mesmo é de 12 meses e ainda temos de pagar pelo que eu percebi 80€ no inicio de cada semestre de estágio à ordem...Então mas se não recebemos nada? ? ? ?


Isto é uma estupidez...é só regras e mais imposições, mas do que devemos pagar, porque o resto, não se vê nada...


Assim vai continuar o trabalho precário e a exploração da nossa classe.

Acabei o curso em Junho e desde Junho até agora ando à procura de um estágio profissional ...estando a trabalhar como muita gente fora da área...Agora pagar inscrições na ordem e mais aquilo ou o outro e não tenho garantias de nada...Enfim...Triste muito triste...

Enviado: quarta out 20, 2010 9:30 pm
por PsyCaty
Se virmos bem a coisa, isto é tudo uma estratégia para desincentivar o pessoal a tirar o curso de Psicologia!

Quem é que quer tirar um curso para, depois, só o poder exercer se estiver inscrito numa ordem (à qual terá de pagar), fazer um estágio profissional especial (o qual terá de pagar) e, no final, exercer a sua profissão, pagar para ter uma especialidade e continuar a pagar uma quota mensal???!!!

E mais! - quem é que quer tirar um curso para, além de tudo isto, ainda correr o sério e certo risco de ficar desempregado? Ou empregado, mas de forma absolutamente precária??!! E ainda ter de pagar a uma Ordem que não põem ordem nisto!!!

Felizes os engenheiros e os informáticos e os médicos e os enfermeiros!!! E os trolhas (que ganham mais do que nós e não se chateiam metade)

Vamos mudar de profissão? Às vezes apetecia...

E, a ser verdade o que elenquei no 1.º parágrafo, até não é mau de todo - menos diplomados em Psicologia, menos concorrência para nós, os desgraçados...!

Enviado: quarta out 20, 2010 9:37 pm
por secretsmiler
O que era de valor era uma bela de uma manifesação à porta da "Ordem"!!!! :evil:

Enviado: quarta out 20, 2010 9:43 pm
por PSC
PsyCaty Escreveu:E, a ser verdade o que elenquei no 1.º parágrafo, até não é mau de todo - menos diplomados em Psicologia, menos concorrência para nós, os desgraçados...!

Bem... mas isso daqui a qtos anos???
É que verá, c tanta gente agora a ter de realizar estagios profissionais tendencialmente à borla aka volutarios à força (se quiserem validar o seu curso feito nem que seja há 10 anos atrás)... nao sei se "os desgraçados" terão mais ou menos hipoteses :roll: ou sequer qdo voltarão a ter!
Cria-se a figura do abençoado supervisor e mais uns qtos prezados Srs que nem sempre conseguem ver p alem do ambito universitario a dizerem-nos o que fazer.
Mas na prática, deixem a noticia espalhar-se e as instituiçoes e os nossos goverantes saberem da coisa!!! 8)
Hão de arranjar forma de nos por a render a custo zero. E do q pagamos à ordem ainda recolhem os impostos por pouco (ou nao!) que seja :lol:

PsyCaty Escreveu:Vamos mudar de profissão? Às vezes apetecia...

Voltasse eu a ter 18 anos e acabar o 12.º!!! Neste momento apetecia mesmo!!