Psicologos a exercer as funções de assistentes sociais

A regulação e regulamentação da formação e do exercício da psicologia em Portugal. A acreditação e certificação. A organização da classe profissional. Os direitos e deveres laborais. As organizações representativas. A identidade e a imagem dos Psicólogos.

Moderador: Cristina

yara
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 2416
Registado: sábado jul 15, 2006 1:50 am

Mensagempor yara » quinta set 10, 2009 9:08 pm

Bem me parecia que não tinha visto... 8)
psif
Membro Regular
Membro Regular
Mensagens: 104
Registado: quinta ago 25, 2005 6:09 pm

Mensagempor psif » quinta set 10, 2009 9:43 pm

Onde fica a transdisciplinariedade?
yara
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 2416
Registado: sábado jul 15, 2006 1:50 am

Mensagempor yara » quinta set 10, 2009 11:48 pm

psif:

O que quer dizer com isso exactamente?? Não estou a criticar, não entendi o seu ponto de vista, apenas isso...
Ritamh
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 19
Registado: sábado jun 20, 2009 3:59 pm

IPSS's

Mensagempor Ritamh » segunda set 14, 2009 11:16 am

E nas IPSS's?... Falando por experiência própria faz-se mais de Serviço Social do que de Psicologia. Feliz ou infelizmente "dessa já me livrei" mas o motivo pelo qual o meu 3º contracto não foi renovado foi por me recusar a fazer trabalho de auxiliar. Nesta selva vale tudo! :twisted:

A minha superior apenas me disse "eu sei que este trabalho não te compete mas se não o quiseres fazer tudo bem, há quem tenha as mesmas habilitações que tu e que não se recuse a faze-lo, Psicólogos no desemprego é o que não falta. Devias sentir-te com sorte por teres este emprego!" :roll:

E isto tudo claro, pelo misero salário que se recebe numa IPSS. :shock:
sandraF
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 391
Registado: sexta dez 21, 2007 3:47 pm

Re: IPSS's

Mensagempor sandraF » segunda set 14, 2009 8:46 pm

Ritamh Escreveu:E nas IPSS's?... Falando por experiência própria faz-se mais de Serviço Social do que de Psicologia. Feliz ou infelizmente "dessa já me livrei" mas o motivo pelo qual o meu 3º contracto não foi renovado foi por me recusar a fazer trabalho de auxiliar. Nesta selva vale tudo! :twisted:

A minha superior apenas me disse "eu sei que este trabalho não te compete mas se não o quiseres fazer tudo bem, há quem tenha as mesmas habilitações que tu e que não se recuse a faze-lo, Psicólogos no desemprego é o que não falta. Devias sentir-te com sorte por teres este emprego!" :roll:

E isto tudo claro, pelo misero salário que se recebe numa IPSS. :shock:


Acredito que muita gente não teria essa atitude, eu também não posso dizer que dessa água não beberei, isto porque as pessoas têm que sobreviver e têm contas para pagar. Sei do que fala, porque fiz um estágio profissional numa IPSS. Relativamente ao salário, é mau comparado com as instituições públicas, mas é melhor do que estar num supermercado, call center, entre outras opções, com horários super esquisitos e trabalhar por turnos.
vectrapc
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1382
Registado: domingo mai 08, 2005 9:10 pm
Localização: lisboa

Mensagempor vectrapc » segunda set 14, 2009 9:21 pm

Oi... calma

Prefiro mil vezes estar a trabalhar num call center a ajudar pessoas a resolverem a sua situação (já tive necessidade de trabalhar em vários), ser empregada doméstica (lavo o meu posso lavar dos outros), lavar velhotes enquanto auxiliar de lar, do que me prostituir enquanto psicóloga. Peço desculpa mas prefiro trabalhar na caixa de um supermercado a atender os utentes(também já o fiz) que estar a engolir poucas vergonhas que só denigrem a minha profissão.

Se a necessidade for comer, cada um decide como quer ganhar o seu, mas prefiro trabalhar noutras áreas consideradas "menores" que me sentir nojenta enquanto pessoa, ser humano e técnica, não foi para me vender que fui tirar o curso. Se muitos se vendem deve meter a mão na consciência e pensar que raio de serviço prestam, isto caso tenham consciência claro!!!

Que tipo de ajuda podemos nós prestar ao outros se vendemos a "alma ao diabo"? É a pensar assim que estamos como estamos... Se todos tivéssemos escrúpulos e consciência situações dessas não aconteceriam.

Por exemplo, enquanto Psicóloga, já me tentaram usar para despedir pessoas "indesejadas" ao serviço, "forçando-me" com chantagens "ou fazes o relatório ou else", mas é exactamente para nos ajudar a defender das situações que existe o sindicato (não falo da Ordem) e os códigos de ética. Deveríamos ser os primeiros!! a defender o nosso Código de Ética em vez de o mandarmos à lama. Espero que a Ordem impeça muito Psi de trabalhar caso se provem várias situações!!!

Ah, tive de fazer o relatório sim, mas estava lá bem escrito que ele não poderia ser usado para despedimentos...
É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão
*Marta*
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 959
Registado: sexta abr 06, 2007 9:17 pm

Mensagempor *Marta* » segunda set 14, 2009 11:38 pm

Olhem... eu rejeitei esta semana um cargo para direcção técnica de lar a meio tempo. 450 euros mensais por 20 horas semanais mais disponibilidade total de noites e fins-de-semana para o que fosse preciso. Por causa disso, perdi o outro emprego onde estava, porque quem manda, manda nos 2 locais. Mas antes isso do que prostituir (expressão bem usada!!) o meu trabalho e a minha saúde mental!
Avatar do Utilizador
Zenobia
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 152
Registado: quarta ago 10, 2005 8:33 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor Zenobia » terça set 15, 2009 5:47 am

Admiro-vos bastante pela vossa atitude digna e rara nos dias que correm. Se todos agissem assim as pessoas deixavam de abusar.

Se há quem pague bem a advogados, a ROC's, a médicos, a economistas e arquitectos (por exemplo) porque não a um psicólogo? Em que é que a nossa profissão é menos digna? Os bons profissionais pagam-se. Eu sei que a realidade não é esta mas ... :roll:
psirui
Membro Expert
Membro Expert
Mensagens: 760
Registado: quinta mar 09, 2006 2:21 am

Mensagempor psirui » quarta set 16, 2009 2:21 am

Por causa destas confusões é que a malta que contrata acha que as funções são as mesmas!
Eh pá...mas por que raio é que não contratam psicólogos para fazer consultas médicas??? Ou dispensar medicamentos numa farmácia???Ou ir a tribunal defender um arguido como advogado???
A lógica é a mesma!
Quando uma vez alguémse atreveu a confundir aquilo que eu faço enquanto psicólogo e aquilo que faz um assistente social...foi fácil de elucidar!
Basta que vocês começem por enumerar as diferenças que existem a todos os níveis, desde as áreas científicas de formação até ás competências de cada um bem como os seus objectivos, além de que, um profissional de sáude mental ( o psicólogo) tem as suas funções bem definidas!
Estou farto destas confusões....ainda ontem em conversa com um individuo que por acaso é uma figura respeitável no domínio das ciências da educação...e licenciado em HISTÓRICO-FILOSÓFICAS...e pós graduado e doutorado em não sei o quê, manda a boca, para quem quis ouvir, que éramos da mesma área!!! LOOOOOOOL
Só lhe perguntei se ele também dava consultas! :P
FUI ROUBADO NO Nº DE MENSAGENS QUE TINHA NO FÒRUM E POR VEZES APAGAM OS MEUS POST´S!!!
yara
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 2416
Registado: sábado jul 15, 2006 1:50 am

Mensagempor yara » quarta set 16, 2009 8:35 pm

Perguntou se dava consultas e não só, espero eu... os psicólogos não dão apenas consultas...

:lol:
psirui
Membro Expert
Membro Expert
Mensagens: 760
Registado: quinta mar 09, 2006 2:21 am

Mensagempor psirui » quinta set 17, 2009 12:53 am

yara Escreveu:Perguntou se dava consultas e não só, espero eu... os psicólogos não dão apenas consultas...

:lol:


eheheh...acho que deu para entender....eheheh não?
:wink:
FUI ROUBADO NO Nº DE MENSAGENS QUE TINHA NO FÒRUM E POR VEZES APAGAM OS MEUS POST´S!!!
yara
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 2416
Registado: sábado jul 15, 2006 1:50 am

Mensagempor yara » quinta set 17, 2009 9:21 pm

ehehehe... mais ou menos... :lol:
sardinhapsicologica
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 18
Registado: quinta jul 12, 2007 6:54 pm

Mensagempor sardinhapsicologica » segunda out 12, 2009 11:43 am

Nem todos dão consultas, pois.
Mas realmente estas confusoes acerca do papel e profissao dos psicologos têm mais a ver com a ignorancia da população em geral acerca da psicologia enquanto ciencia e enquanto profissão.

Sou psicologa responsavel por um centro comunitario. Não dou consulta mas trabalho na area da psicologia comunitária com o objectivo de desenvolver competencias a diversos niveis na comunidade onde se insere o centro. O meu cargo poderia ser desempenhado por um ASocial, no entanto, nao teria a mesma orientação, e os mesmos planos de acção que eu delineio para o Centro, e que se baseiam na minha formação profissional.

Voltar para “Regulamentação, Exercício e Identidade Profissional”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante