+ de 14500 Psicólogos registados

A regulação e regulamentação da formação e do exercício da psicologia em Portugal. A acreditação e certificação. A organização da classe profissional. Os direitos e deveres laborais. As organizações representativas. A identidade e a imagem dos Psicólogos.

Moderador: Cristina

Raquel Raimundo
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 112
Registado: sábado mar 17, 2007 10:27 pm

Mensagempor Raquel Raimundo » quarta abr 14, 2010 11:41 pm

Ordem vs Sindicatos?

Claramente precisamos de ambos. Precisamos de uma Ordem que funcione e precisamos de Sindicatos que funcionem. Cada qual tem o seu papel (embora haja campos em que inevitavelmente se toquem). Não faz sentido que uns entrem no campo dos outros, como se não houvesse muito trabalhinho para fazer.

É por isso que acho curioso que um Sindicato tenha decidido criar um Código Deontológico da classe quando essa é uma incubência das Ordens. Não havia mais nada para fazer? Os problemas sindicais da classe estão todos resolvidos? Não temos psicólogos voluntários a trabalhar há anos a fio como profissionais? Não tem havido aumento de níveis salariais abaixo do nível mais baixo levando a que os psicólogos recém-formados estejam cada vez mais em pior situação? Os psicológos já podem dar aulas de psicologia no ensino secundário, como é normal em outros países? Os psicólogos afinal vivem no País das Maravilhas e isso passou-me tudo ao lado?

Acho tremendamente curioso que quem se preocupa tanto com a representatividade da OPP ainda se venha vangloriar de ter sido feito recentemente o, pelo menos, 4º código deontológico português (Porque é que este haveria de ser mais importante? Só se for por ser mais actual) assinado por 7 associações inteiras (uma delas que conta com 9 associados inteiros e as restantes contam com quantos?) mais 45 psicólogos individuais. 9 escolas de psicologia? Das 38 existentes? E o que é que um código para os profissionais tem que ver com a academia?

Sou no entanto de opinião que todos os códigos elaborados até à data devam ser tidos em conta. Aliás não só os nacionais. Considerar que o referido código seja repreentativo depois de tudo o que se tem dito até agora é que só pode ser uma piada.
Raquel Raimundo
Membro Habitual*
Membro Habitual*
Mensagens: 112
Registado: sábado mar 17, 2007 10:27 pm

Mensagempor Raquel Raimundo » quinta abr 15, 2010 10:33 pm

Sabiam que vai haver eleições para o Sindicato Nacional dos Psicólogos em Maio? Será que até há esperança de ver algumas das questões que em cima levantei resolvidas? Espero sinceramente que sim.
vitorcoelho
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 289
Registado: quarta nov 10, 2004 11:29 pm
Localização: Almada

Mensagempor vitorcoelho » domingo abr 18, 2010 12:49 pm

Raquel Raimundo Escreveu:Sabiam que vai haver eleições para o Sindicato Nacional dos Psicólogos em Maio? Será que até há esperança de ver algumas das questões que em cima levantei resolvidas? Espero sinceramente que sim.


Devo confessar que estou algo curioso sobre a atenção que vai ser prestada a esta eleição.

Vitor Coelho
Marolive
Membro Amador
Membro Amador
Mensagens: 48
Registado: sexta mar 28, 2008 12:03 am

Mensagempor Marolive » segunda abr 19, 2010 11:32 pm

Marolive Escreveu:
vitorcoelho Escreveu:
pi.r Escreveu:Caro(a) vectrapc

Quanto a outros factos:

(...)

6. Onde vê "apenas" 6834 eleitorais, eu vejo (...[auto-elogios]). Convém não esquecer que uma das razões para a disparidade deriva de que uma boa parte das pessoas que se registaram não terem enviado qualquer documento, não terem continuado o processo ou só o terem terminado próximo de dia 16 de Março.

Vitor Coelho


Sobre a parte que destaquei a bold e em itálico, gostava de perguntar se não se esqueceu de mencionar uma outra stuação: «os documentos enviados em devido tempo, mas que foram perdidos, ou estão desaparecidos»?

E uma vez que, só admitiram esse desparecimento, 8 dias depois de 16 de Março, parece-me legítimo perguntar o que é que se pensa fazer nestes casos? Penalizar pela terceira vez a mesma pessoa?
Sim, porque a 1ª. foi desqualificar; A 2ª - gastar euros em duplicado na autenticação de fotocópias, correio, telefonemas, e outros transtornos; E agora o que se segue?

Espero uma resposta concreta e objectiva da sua parte, e sem intermediários já que, Departamento Juridico, é coisa que não deve existir.


Porque será que não tenho direito a resposta?
vitorcoelho
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 289
Registado: quarta nov 10, 2004 11:29 pm
Localização: Almada

Mensagempor vitorcoelho » segunda abr 19, 2010 11:47 pm

Marolive Escreveu:
Marolive Escreveu:
vitorcoelho Escreveu:
pi.r Escreveu:Caro(a) vectrapc

Quanto a outros factos:

(...)

6. Onde vê "apenas" 6834 eleitorais, eu vejo (...[auto-elogios]). Convém não esquecer que uma das razões para a disparidade deriva de que uma boa parte das pessoas que se registaram não terem enviado qualquer documento, não terem continuado o processo ou só o terem terminado próximo de dia 16 de Março.

Vitor Coelho


Sobre a parte que destaquei a bold e em itálico, gostava de perguntar se não se esqueceu de mencionar uma outra stuação: «os documentos enviados em devido tempo, mas que foram perdidos, ou estão desaparecidos»?

E uma vez que, só admitiram esse desparecimento, 8 dias depois de 16 de Março, parece-me legítimo perguntar o que é que se pensa fazer nestes casos? Penalizar pela terceira vez a mesma pessoa?
Sim, porque a 1ª. foi desqualificar; A 2ª - gastar euros em duplicado na autenticação de fotocópias, correio, telefonemas, e outros transtornos; E agora o que se segue?

Espero uma resposta concreta e objectiva da sua parte, e sem intermediários já que, Departamento Juridico, é coisa que não deve existir.


Porque será que não tenho direito a resposta?


Da minha parte, pela razão que já citei neste tópico ou noutro sobre os estagiários à Pi.r. , eu apenas respondo a pessoas que se identificam pelo nome, como eu próprio o faço.

Vitor Coelho
Marolive
Membro Amador
Membro Amador
Mensagens: 48
Registado: sexta mar 28, 2008 12:03 am

Mensagempor Marolive » terça abr 20, 2010 12:10 pm

Como indica o nick Maria Oliveira, sócia APOP 3580. Mas deixe-me dizer-lhe que acho estranho responder a alguns/mas, por ex Vectrapec (ou algo assim), mas tudo bem isso não me interessa nada, o que me interessa agora é este problema, na medida que tenho decisões a tomar, que dependem desta clarificação.

Portanto, agradeço uma resposta, se preferir pode ser em privado, embora me pareça que há mais casos em que esta resposta pode ser útil, no entanto deixo ao seu critério.

Noutro post fiz outra pegunta (tb sem resposta): Qual era a composição da CTA? (não me lembro de ter visto os nomes em lado nenhum).

E, já que estamos com a mão na massa, coloco outra: o que pensa a OPP fazer com os psicologos que já passaram a idade de fazer estágio profissional remunerado pelo IEFP ? Fazem estágio não-remunerado?

Antecipadamente grata pela atenção, Marolive
vitorcoelho
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 289
Registado: quarta nov 10, 2004 11:29 pm
Localização: Almada

Mensagempor vitorcoelho » quarta abr 21, 2010 12:55 am

Marolive Escreveu:Como indica o nick Maria Oliveira, sócia APOP 3580. Mas deixe-me dizer-lhe que acho estranho responder a alguns/mas, por ex Vectrapec (ou algo assim), mas tudo bem isso não me interessa nada, o que me interessa agora é este problema, na medida que tenho decisões a tomar, que dependem desta clarificação.

Portanto, agradeço uma resposta, se preferir pode ser em privado, embora me pareça que há mais casos em que esta resposta pode ser útil, no entanto deixo ao seu critério.

Noutro post fiz outra pegunta (tb sem resposta): Qual era a composição da CTA? (não me lembro de ter visto os nomes em lado nenhum).

E, já que estamos com a mão na massa, coloco outra: o que pensa a OPP fazer com os psicologos que já passaram a idade de fazer estágio profissional remunerado pelo IEFP ? Fazem estágio não-remunerado?

Antecipadamente grata pela atenção, Marolive


A Vectra optou por me contar quem é por MP há mais de 1 ano. Logo naturalmente que respondo ao que ela escreve.

Sobre a sua situação vou tentar perceber o que se passa, mas apenas lhe responderei se souber alguma coisa por MP, visto que esse é o procedimento que adopto em todos esses casos.

Sobre a composição da CTA não me compete a mim anunciar.

Os estágios profissionais serão regulados pelo regulamento de estágios que, neste momento, tem de ser apresentado, discutido e aprovado pela Assembleia de Representantes. As questões de remuneração e de relações com o estágio do IEFP devem fazer parte do regulamento.

Vitor Coelho
Avatar do Utilizador
vvvieira
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 298
Registado: domingo mar 07, 2010 10:54 pm
Localização: Porto
Contacto:

Mensagempor vvvieira » quarta abr 21, 2010 9:06 am

vitorcoelho Escreveu:Os estágios profissionais serão regulados pelo regulamento de estágios que, neste momento, tem de ser apresentado, discutido e aprovado pela Assembleia de Representantes. As questões de remuneração e de relações com o estágio do IEFP devem fazer parte do regulamento.


Obrigado, caro Vítor Coelho, por esclarecer esta questão. Concorda, pois, com as afirmações que em oportunidade aqui apresentei, em particular que a CI extravasou as suas competências, criou falsas expectativas e lançou a confusão (por motivos que se desconhecem) quando "submeteu um regulamento de estágios ao Ministério da Saúde" (https://www.ordemdospsicologos.pt/noticia/30).

Pergunto-me onde poderemos tomar conhecimento das propostas de tal regulamento. É que no site da Ordem está tudo parado desde dia 13.
O futuro está à nossa frente. Cabe-nos fazê-lo melhor.
vitorcoelho
Membro Habitual**
Membro Habitual**
Mensagens: 289
Registado: quarta nov 10, 2004 11:29 pm
Localização: Almada

Mensagempor vitorcoelho » quarta abr 21, 2010 11:44 am

vvvieira Escreveu:
vitorcoelho Escreveu:Os estágios profissionais serão regulados pelo regulamento de estágios que, neste momento, tem de ser apresentado, discutido e aprovado pela Assembleia de Representantes. As questões de remuneração e de relações com o estágio do IEFP devem fazer parte do regulamento.


Obrigado, caro Vítor Coelho, por esclarecer esta questão. Concorda, pois, com as afirmações que em oportunidade aqui apresentei, em particular que a CI extravasou as suas competências, criou falsas expectativas e lançou a confusão (por motivos que se desconhecem) quando "submeteu um regulamento de estágios ao Ministério da Saúde" (https://www.ordemdospsicologos.pt/noticia/30).

Pergunto-me onde poderemos tomar conhecimento das propostas de tal regulamento. É que no site da Ordem está tudo parado desde dia 13.


Naturalmente que não concordo. A minha leitura sobre o assunto é bastante diferente: A Comissão Instaladora apresentou um regulamento de estágios provisório de forma a tentar resolver mais brevemente a situação de quem espera o início do sistema de estágios profissionais. Visto que a Comissão Instaladora não está mais em funções, não faz sentido prosseguir nesta óptica, mas sim avançar para a formulação de um regulamento de estágio que não seja provisório.

Vitor Coelho
Marolive
Membro Amador
Membro Amador
Mensagens: 48
Registado: sexta mar 28, 2008 12:03 am

Mensagempor Marolive » quarta abr 21, 2010 2:36 pm

Obrigada pela sua resposta, de facto é desta forma civilizada que nos entendemos e podemos chegar a consensos úteis para TODOS.

Agora quando diz que

A Vectra optou por me contar quem é por MP há mais de 1 ano. Logo naturalmente que respondo ao que ela escreve.

Sempre lhe digo que: Ok, cada um faz como quer, mas tb podia "contar" em público, já que como viu, eu não tive qualquer problema em identificar-me.

Sobre a sua situação vou tentar perceber o que se passa, mas apenas lhe responderei se souber alguma coisa por MP, visto que esse é o procedimento que adopto em todos esses casos.

Muito bem fico a aguardar a amabilidade.

Sobre a composição da CTA não me compete a mim anunciar.

Aqui é que já não estou de acordo, na medida em que não percebo pk há-de a comissão técnica de avaliação (CTA) ser incógnita, qd, salvo opinião mais esclarecida, me parece que devia ter sido nomeada pela Tutela tal como a CI... A não ser assim, significa que a sua nomeação foi da competência exclusiva da CI. Seja de quem for a responsabilidade da sua nomeação, entendo que, em nome da transparência do processo, os seus nomes devam estar no site da OPP com acesso a todos os psicólogos. Mas, claro, esta é a minha opinião.

Os estágios profissionais serão regulados pelo regulamento de estágios que, neste momento, tem de ser apresentado, discutido e aprovado pela Assembleia de Representantes. As questões de remuneração e de relações com o estágio do IEFP devem fazer parte do regulamento.

De facto a minha questão relaciona-se com este último período da sua resposta, já que li isso mesmo algures. Porém, a dúvida mantém-se: uma vez que neste momento deixou (ou vai deixar) de ser possível estagiar gratuitamente, como pensa a OPP fazer com «aqueles que já passaram da idade de ser aceites nos estágios do iEFP» ?.
Acho que esta dúvida é de suma importância para muitos psicólogos, por isso espero que não veja nas minhas questões qualquer tipo de «guerra», mas simplesmente uma preocupação pertinente e que, certamente, abrange um leque grande de pessoas. Por isso, se lhe for possível, agradeço, pela parte que me toca, uma resposta pouco evasiva.
Cumprimentos.
Marolive
Membro Amador
Membro Amador
Mensagens: 48
Registado: sexta mar 28, 2008 12:03 am

Mensagempor Marolive » terça mai 18, 2010 10:33 pm

vitorcoelho Escreveu:
Marolive Escreveu:
Marolive Escreveu:
vitorcoelho Escreveu:
pi.r Escreveu:Caro(a) vectrapc

Quanto a outros factos:

(...)

6. Onde vê "apenas" 6834 eleitorais, eu vejo (...[auto-elogios]). Convém não esquecer que uma das razões para a disparidade deriva de que uma boa parte das pessoas que se registaram não terem enviado qualquer documento, não terem continuado o processo ou só o terem terminado próximo de dia 16 de Março.

Vitor Coelho


Sobre a parte que destaquei a bold e em itálico, gostava de perguntar se não se esqueceu de mencionar uma outra stuação: «os documentos enviados em devido tempo, mas que foram perdidos, ou estão desaparecidos»?

E uma vez que, só admitiram esse desparecimento, 8 dias depois de 16 de Março, parece-me legítimo perguntar o que é que se pensa fazer nestes casos? Penalizar pela terceira vez a mesma pessoa?
Sim, porque a 1ª. foi desqualificar; A 2ª - gastar euros em duplicado na autenticação de fotocópias, correio, telefonemas, e outros transtornos; E agora o que se segue?

Espero uma resposta concreta e objectiva da sua parte, e sem intermediários já que, Departamento Juridico, é coisa que não deve existir.


Porque será que não tenho direito a resposta?



Lamento ter de colocar, pela 3ª ou 4ª vez (a última em 19 de Abril e posteriormente por MP), a mesma questão, que no entamto continua sem resposta...
sinha.guedes
Psicólogo Registado (BR)
Psicólogo Registado (BR)
Mensagens: 36
Registado: sexta jun 26, 2009 1:13 pm
Localização: PORTO
Contacto:

Um espetáculo!!!

Mensagempor sinha.guedes » quinta jun 24, 2010 4:24 pm

Sabe qual a análise disso tudo que li aqui? São poucas pessoas que estão como eu: sem cunhas e sem conhecimentos, sem pais-patrocínio, sem sorte de ser seleccionada para NADA. Eu, diante disso tudo, somente penso: É MELHOR RECOLHER-ME NA MINHA INSIGNIFICANCIA e FICAR CALADA, pois não tenho salvação mesmo! (EU - IN MEMORIA)
Psicóloga, formadora (c/ C.A.P) e técnica RVC
-------------------------------------------------
http://continuopsicologo.blogspot.com/2 ... sinar.html

Voltar para “Regulamentação, Exercício e Identidade Profissional”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 6 visitantes