Eneagrama

As diferentes correntes e modelos teóricos. Novas abordagens e novos contextos de intervenção. A teoria e a prática, os conceitos e as estratégias. Preocupações éticas e deontológicas. etc.

Moderador: César

Avatar do Utilizador
Psycologo
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 442
Registado: quinta out 28, 2004 10:42 am
Localização: Espinho
Contacto:

Eneagrama

Mensagempor Psycologo » sexta jan 18, 2008 12:22 pm

A razão que me leva a escrever é para vos falar do ENEAGRAMA. Não sei se alguns de vós colegas, ja ouviu falar, mas trata-se de um método/filosofia de auto-conhecimento e conhecimento dos outros. Trata-se de um método que é usado na área organizacional, nomeadamente nas áreas de R&S, Coaching, Desenvolvimento Pessoal e Profissional. Pode ser também usado em contexto clínico como complemento de outras abordagens, quer comportamentais, quer dinâmicas.
Trata-se de um método que comporta em si 9 tipologias.

Para quem conhece a filosofia, agradecia que postassem os vossos pensamentos sobre o assunto. Se não conhecem terei todo o gosto em vos informar

Psycologo
anasofia
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 425
Registado: sábado fev 24, 2007 2:02 am

Mensagempor anasofia » sexta jan 18, 2008 12:32 pm

Olá,
Não conhecia esta filosofia .. Mas fiz uma pesquisa e encontrei algumas respostas....
penso que neste link está bem explicado....

http://pt.wikipedia.org/wiki/Eneagrama



Cumprimentos
Avatar do Utilizador
Psycologo
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 442
Registado: quinta out 28, 2004 10:42 am
Localização: Espinho
Contacto:

Mensagempor Psycologo » sexta jan 18, 2008 12:35 pm

Se fosse assim tão simples falar do tema, se quisesse ficar apenas pela superfície não o teria postado.
Irei desenvolvê-lo mais adiante.
Cristina Silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 800
Registado: quinta out 25, 2007 9:52 am

Mensagempor Cristina Silva » sexta jan 18, 2008 2:25 pm

Li na diagonal as explicações do site indicado e a primeira coisa que me chamou a atenção foi logo esta frase no topo:

“Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e dados de confiabilidade duvidosa….”

A minha primeira impressão é de que me parece mais uma teoria ao nível da astrologia ou numerologia, que são também antigos sistemas de sabedoria.

Como psicóloga clínica, na minha leitura diagonal, suscitaram-me de imediato várias questões. Por exemplo:

Como é que se encaixam os 9 tipos nas fundamentais estruturas de personalidade e respectivos mecanismos de defesa (psicótica, boderline, neurótica)?

Por exemplo, diz que as pessoas do Tipo 1 – Perfeccionista e exigente são:
“As pessoas do Tipo 1 são muito perfeccionistas, por serem exageradamente exigentes, tão exigentes que são considerados frescos. Seu vício emocional inconsciente é a raiva, porque não encontra a perfeição que deseja.”

Isto só para começar porque continua a descrição numa linha à semelhança do que a astrologia faz nas suas descrições das características de cada signo.

O meu pensamento clínico leva-me logo a questionar: o que é isso do vício emocional, eu prefiro falar de conflito interno, o porquê do mesmo e seu significado. Depois, a raiva por não se encontrar a perfeição desejada levanta logo a questão: porquê do “desejo” da perfeição?

Só esta explicação: “Este sistema descreve a queda e a ascensão possível da consciência humana, segundo nove padrões. Mais especificamente, descreve como, segundo nove padrões, a perda de Virtudes humanas gera paixões ou vícios emocionais; como a perda de Idéias Superiores cria fixações mentais; e como a perda do Instinto Puro leva à construção de estratégias instintivas de sobrevivência em três âmbitos: auto-preservação, social e sexual (chamados de subtipos ou variantes instintivas, conforme o autor)”, levanta logo questões a definir, nomeadamente:
- Definição de virtudes humanas
- Definição de ideias superiores
- Definição de Instinto Puro

E esses 9 padrões, como é que foram identificados e definidos? Que tipo de estudos foram feitos?

Acho que nem me vou alongar mais nas questões que me suscitaram de imediato porque me parece tudo bastante duvidoso em termos científicos mas como o colega levanta esta questão e dá a conhecer este tema que é aplicado em vários contextos importantes, era bom que nos desse a conhecer melhor esta coisa do Eneagrama. Eu pelo menos fico curiosa porque o saber não ocupa lugar, e eu só li na diagonal o site indicado, não consultei mais informações.

Saudações cordiais
Cristina Silva
---------------------------
A lutar contra o desemprego desde 2001.

Voltar para “Campos de Acção, Modelos e Exercício”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes