Ética e Deontologia na Psicologia - Pedido de Colaboração

Espaço dedicado ao público em geral: aqui poderá apresentar as suas questões e dúvidas, e contar com o apoio dos utilizadores deste fórum. IMPORTANTE: leia as Regras de Utilização antes de participar
Regras do Fórum
-----------
O Psicologia.pt não é responsável pelas intervenções dos vários participantes neste Fórum, sendo o teor desses conteúdos, bem como a utilização que se faça dos mesmos, da exclusiva e total responsabilidade de cada utilizador.
Com o objectivo de permitir o total anonimato, o fórum "Pergunte ao Psicólogo" é o único onde é possível a publicação de tópicos por utilizadores não registados.
Ao mesmo tempo, e como deve ser do entendimento de todos, o carácter "anónimo" dos fóruns faz com que este espaço não ofereça condições para interações que se desenvolvam para além da mera "troca de opiniões".
É expressamente proibida neste fórum a divulgação de serviços de psicologia bem como de quaisquer contactos de psicólogos (nomes, nºs de telefone, moradas e outros contactos).
O Psicologia.pt não se responsabiliza pelo rigor técnico e científico, idoneidade e respeito pelos princípios éticos e deontológicos de toda e qualquer participação.
pcl
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 3
Registado: quarta out 24, 2012 6:23 pm

Ética e Deontologia na Psicologia - Pedido de Colaboração

Mensagempor pcl » quarta out 24, 2012 10:25 pm

Boa noite!
Somos estudantes do 2º ano do Mestrado Integrado em Psicologia da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, e no âmbito de um trabalho na unidade curricular de Ética e Deontologia na Psicologia, pretendíamos perceber, através de situações problema criadas, em que condições os psicólogos acham pertinente encaminhar clientes para outros colegas, e porquê.
Posto isto, solicitávamos então a vossa colaboração através de uma opinião acerca das situações descritas.

1ª Situação: “Andreia é psicóloga e acerca de um ano viu o seu irmão mais novo ser atropelado e perder a vida. Durante 6 meses após ter ocorrido o acidente frequentou também um psicólogo para a ajudar a lidar com o luto. Passado então um ano, Andreia diz que ultrapassou a dor e está preparada para lidar e ajudar pessoas que vivam igualmente situações de luto.”

2ª Situação: “Cátia é psicóloga e já há algum tempo que acompanha a sua cliente com cancro, Leonor, ajudando-a a lidar com a doença. Agora Cátia descobriu que a sua mãe também sofre desta doença.”

Para cada situação descrita, considera a psicóloga (Andreia ou Cátia) a especialista mais indicada para abordar o assunto com a cliente em questão? Como procederia nessa situação?
No caso de já ter passado por uma situação idêntica, e gostar de partilhar, agradecíamos.

Gratos pela atenção dispensada.
Carolina Barros, Cristina Casimiro, Joel Fonseca, Liliana Gonçalves, Patrícia Lourosa e Tiago Robalinho
katia88
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 2
Registado: quinta nov 22, 2012 7:09 pm

Re: Ética e Deontologia na Psicologia - Pedido de Colaboraçã

Mensagempor katia88 » terça nov 27, 2012 9:25 pm

Boa noite,

os dois casos são distintos, uma vez que a psicóloga Andreia já passou pelo problema e encontrou a solução e o método adequado para resolver a sua dor. já a psicóloga Cátia, encontra-se com um caso mais preocupante, uma vez que ajuda uma pessoa com o mesmo problema que a sua mãe.

de minha opinião, tanto a psicóloga Andreia, como a psicóloga Cátia, vão ter dificuldades em lidar com uma situação semelhante à sua.

contudo, penso que a psicóloga Cátia, vai ter muito mais dificuldades em ajudar a sua paciente Leonor, tal como os intervenientes mais próximos, uma vez que está naquele momento a sentir a mesma dor, o mesmo medo. por isso ao ouvir a história da sua paciente poderá entrar num estado de ansiedade, mostrando a Leonor o mesmo medo e a mesma tristeza, o que vai prejudicar o tratamento da paciente, não obtendo resultados positivos. assim concordo que a psicóloga Cátia reencaminhe a paciente para um outro colega, que tenha condições psicológicas para puder ajudar Leonor no momento difícil da sua vida.

já a psicóloga Andreia, vai sempre sentir a tristeza pela morte de seu irmão, diante uma situação idêntica, contudo saiu do tratamento mais forte e capaz de ajudar outros que estejam na mesma situação que a sua. assim concordo que a psicóloga Andreia, tenha em mãos um caso idêntico ao seu, mas caso não se sinta à vontade com a situação, ou caso dê sinais em que não consiga ouvir a mesma história que a sua, penso que a melhor solução seja, o reencaminhar do paciente para outro colega, tal como no caso da psicóloga Cátia.
pcl
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 3
Registado: quarta out 24, 2012 6:23 pm

Re: Ética e Deontologia na Psicologia - Pedido de Colaboraçã

Mensagempor pcl » terça dez 04, 2012 5:23 pm

Agradeço desde já a sua colaboração :)

Só uma pequena questão: É Psicóloga ou Estudante de Psicologia?
Pergunto isto por uma questão de tratamentos de dados no nosso trabalho, no qual é importante distinguir esta componente.

Voltar para “Pergunte ao Psicólogo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes