Abuso sexual de menor no seio familiar.

Espaço dedicado ao público em geral: aqui poderá apresentar as suas questões e dúvidas, e contar com o apoio dos utilizadores deste fórum. IMPORTANTE: leia as Regras de Utilização antes de participar
Regras do Fórum
-----------
O Psicologia.pt não é responsável pelas intervenções dos vários participantes neste Fórum, sendo o teor desses conteúdos, bem como a utilização que se faça dos mesmos, da exclusiva e total responsabilidade de cada utilizador.
Com o objectivo de permitir o total anonimato, o fórum "Pergunte ao Psicólogo" é o único onde é possível a publicação de tópicos por utilizadores não registados.
Ao mesmo tempo, e como deve ser do entendimento de todos, o carácter "anónimo" dos fóruns faz com que este espaço não ofereça condições para interações que se desenvolvam para além da mera "troca de opiniões".
É expressamente proibida neste fórum a divulgação de serviços de psicologia bem como de quaisquer contactos de psicólogos (nomes, nºs de telefone, moradas e outros contactos).
O Psicologia.pt não se responsabiliza pelo rigor técnico e científico, idoneidade e respeito pelos princípios éticos e deontológicos de toda e qualquer participação.
IPL
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 1
Registado: terça out 28, 2014 3:04 pm

Abuso sexual de menor no seio familiar.

Mensagempor IPL » terça out 28, 2014 10:14 pm

Boa noite,

Dirijo-me a vocês com intenções de receber alguns conselhos para nos orientarem sobre um assunto grave que se abateu sobre nós.

Antes de mais, peço desculpa por ser demasiado extenso, mas acho que seja a melhor maneira para expor a situação que se segue.

Sou madrinha de baptismo de uma menor de 14 anos, que se queixou à mãe, ter sofrido de abuso sexual pelo padrasto.
A mãe foi de imediato fazer queixa à CPCJ, onde fizeram o respectivo depoimento: a "vítima" e mãe.
A comissão aconselhou a mãe, a "vítima" e o irmão de 6 anos, em abandonar a residência de imediato até novas instruções.

Desde então eles têm estado em nossa casa, temos (eu e o meu marido que é padrinho) falado com a nossa afilhada e a mãe afim de dar apoio e obter mais informações sobre o sucedido.

À medida que fomos assimilando mais informação, apercebemos-nos que ela está a omitir informações que podem ser cruciais ao processo. Passamos a especificar:

- A mãe relatou também que já era pretensão da "vítima" sair de casa há já alguns meses, sugerindo primeiro morarem todos (incluindo o padrasto) na cidade, pois eles vivem na aldeia. Depois surgiram outras sugestões de morarem na cidade somente os três (vítima, mãe e irmão). Até que as últimas sugestões, foram de ameaças por carta de que ela sairia de casa, em que houve uma tentativa de fuga, pois chegou a utilizar os cartões de multibanco da mãe para retirar dinheiro para chegar ao seu objectivo.

- Também existe a situação que a "vítima" tem supostamente um namorado com quem faz muitas confidências, mas que ela nega e só refere a existência de bons amigos. Conseguimos obter esta informação através de mensagens de telemóvel trocadas, que foram apagadas há poucos dias pela própria mas que conseguimos recuperar, ela ficou preocupada pois exigimos o acesso ao telemóvel, do mesmo modo detectamos ao aceder à sua conta do facebook tinha feito amizades com adultos do sexo masculino com quem mantinha conversas de carácter intimo.

- Segundo a mãe, a vítima tem arranjado vários pretextos para se encontrar com o suposto namorado, tais como que se vai encontrar com amigas, ou passar a noite em suas casas.

Geralmente o ambiente familiar da vítima nem sempre é pacifico, pois o padrasto tem algumas atitudes hostis (verbais), que pioraram desde que começaram a tomar conta de uma idosa (mãe do padrasto), que sofreu de AVC e requer cuidados pessoais. A idosa não facilita a vida de quem a quer ajudar, provocando instabilidade no seio familiar.

Apesar das dificuldades, a mãe tem tido um relacionamento normal com o companheiro (padrasto da vítima), e estão cientes do sentimento que têm um pelo outro. Por isso a mãe acha e tem quase a certeza que a filha está a mentir para sair de casa para "livrar-se do padrasto" e assim obter liberdades que actualmente não possui, como ela escreveu numa das mensagens trocadas com os "amigos do facebook".

A mãe, após abandonar a residência, conversou com o companheiro (padrasto) que nega ter alguma vez abusado da enteada, e tudo indicada que ele não o terá feito, mas como o processo está em curso e o padrasto seria notificado a qualquer momento pela Policia Judiciária para se apresentar para prestar depoimento, o mesmo resolveu por sua iniciativa antecipar-se e depor a sua versão.

O padrasto deseja que todo o processo decorra até ao final pois afirma estar de consciência tranquila mesmo arriscando encarceramento, porque mesmo sendo uma pessoa rude, como ele próprio afirma, nunca agiu violentamente de forma alguma para com a enteada.

Sabemos e temos consciência que os adolescentes tentam qualquer coisa para chegar aos seus objectivos.

Gostaria, se possível, de obter a vossa orientação para tentar de alguma forma, para que se consiga comunicar abertamente com a vítima de modo a tentar apurar a verdade pois achamos que não está a dizer tudo e tentar resolver esta situação grave da melhor maneira.

Como devem imaginar, as crianças estão sendo prejudicadas em todos os níveis, e a mãe apesar de destroçada e esgotada, ainda tem a preocupação financeira, pois foi forçada a abandonar o trabalho para se refugiar até esclarecer/resolver este assunto.

Explicamos à "vitima" as consequências que esta situação poderá trazer agora e no futuro, tanto para ela como para o padrasto que sempre a tratou como se fosse sua filha, mas ela continua a insistir na sua história.

Obrigada pela leitura.


A Madrinha da vítima.
irene silva
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 24
Registado: quinta fev 01, 2007 3:05 am

Re: Abuso sexual de menor no seio familiar.

Mensagempor irene silva » segunda mar 09, 2015 10:51 pm

Boa noite,
envie-me o seu mail.
Cumprimentos
Irene Silva

Voltar para “Pergunte ao Psicólogo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes