Questão pessoal - se me puderem ajudar

Espaço dedicado ao público em geral: aqui poderá apresentar as suas questões e dúvidas, e contar com o apoio dos utilizadores deste fórum. IMPORTANTE: leia as Regras de Utilização antes de participar
Regras do Fórum
-----------
O Psicologia.pt não é responsável pelas intervenções dos vários participantes neste Fórum, sendo o teor desses conteúdos, bem como a utilização que se faça dos mesmos, da exclusiva e total responsabilidade de cada utilizador.
Com o objectivo de permitir o total anonimato, o fórum "Pergunte ao Psicólogo" é o único onde é possível a publicação de tópicos por utilizadores não registados.
Ao mesmo tempo, e como deve ser do entendimento de todos, o carácter "anónimo" dos fóruns faz com que este espaço não ofereça condições para interações que se desenvolvam para além da mera "troca de opiniões".
É expressamente proibida neste fórum a divulgação de serviços de psicologia bem como de quaisquer contactos de psicólogos (nomes, nºs de telefone, moradas e outros contactos).
O Psicologia.pt não se responsabiliza pelo rigor técnico e científico, idoneidade e respeito pelos princípios éticos e deontológicos de toda e qualquer participação.
pikinina28
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 1
Registado: sexta set 08, 2017 6:54 am

Questão pessoal - se me puderem ajudar

Mensagempor pikinina28 » sábado set 09, 2017 6:42 pm

Boa tarde.
Sou utilizadora pela primeira vez deste portal e, gostaria de poder colocar uma ou varias questões que me andam a atormentar já á imenso tempo.
Estou num namoro à 1 ano, chegamos a namoriscar uns meses antes, e nessa altura contava me ou desabafava coisas da vida dele neste caso de uma ex namorada que andou 3 anos, e a história era que ela o traiu 2 vezes, mas continuou a falar com ela, e chegando a envolver se já ela tinha namorado isto uns tempos antes de estar comigo e afastei me na altura do meu namorado porque não fiquei confortável com essa história e porque ele me chegou a contar que tinha ido almoçar com ela e Andava muito em saídas da noite, já nos a andarmos e porque também desabafei a ele que estava a gostar dele e inda gozou na minha cara disso. Afastei me nessa altura e assim que depois de uns bons tempos eu andava a gostar de outro rapaz ele andou atrás de mim, como era muito insistente acabei por ceder e aí aceitei o namoro a sério até ao presente. E ate agora temos passado muitos momentos bons mas parece me os maus estarem a sobrepor aos bons porque já teve imensas atitudes que vão contra os meus princípios como: nos primeiros meses disse me que não ia deixar de desejar os parabéns a essa ex namorada eu mesmo falando com ele continuou com a ideia, mas viu mesmo que não gostei e aí disse que mudou, isto tudo bem mas... Chateamos nos uma vêz e foi adicioná-la no Facebook, depois disto tudo como não gostei e disse apagou o Facebook dela é diz que apagou tudo mas não, deixou algumas migalhas para trás, Chegou a ir com o pai a corridas com amigos e aí o pai não sabia que nós namoravamos e pôs uma foto na Internet dele com uma amiga na corrida uma montagem a dizer que pombinhos normal que não gostei, entretanto voltou a outra corrida e o pai fez o mesmo, acho que ele pudia ter atitude e dito ao pai para não o fazer e não o fez, uma das vezes que foi a corridas adicionou uma rapariga também na internet, estamos juntos na rua, mesmo a minha frente controla outras raparigas, na minha forma de ver uma coisa é olhar e desviar o olhar outra e ficar a controlar, porque isso chama a atenção e não gosto não me deixa confortável, já falei imensas vezes com ele e mesmo assim continua as vezes, algumas vezes que nos chateamos Diz asneiras como me mandar para o outro lado, no dia dos namorados e do primeiro ano de namoro ofereci lhe sempre algo com antecedência ele em nenhuma das duas o fez, é um bocado desligado dessas coisas, que para mim é importante, Depois tem um trabalho que é de andar muito de um lado para o outro, tanto pode estar em Lisboa como em Beja, Torres Vedras, Algarve, por vezes, conhece muitas pessoas, fala imenso com clientes por Facebook, whatsapp, mensagens, chamadas, dá imensa confiança às pessoas mal as conhece, trata logo por tu, não gosto, Nas férias que tivemos estive também eu que ficar com ele na casa onde alugamos porque tinha que trabalhar, ora tive que percindir das minhas férias também. Ultimamente já a algum tempo que ando muito indecisa e ando triste, vou para a cama e acordo a pensar nisto mal estar, deixo de querer conhecer outras pessoas, medo porque já perdi a confiança nele. Já lhe disse que queria acabar e acabei com ele Em contrapartida não me deixa seguir em frente insiste marca presença. Gosto inda dele, e não queria de todo terminar a relação, Como está relação já tive outras assim parecido que tive que aturar estas atitudes de falta de respeito e "traições" não físicas mas deste género. As minhas questões sao: será que o problema é meu? Traumas passados? O que posso fazer nesta situação? Que conselhos me podem dar? Porque sinto que é sempre o mesmo, que já não acredito em nenhum homem e tenho receio de voltar a ter outras desilusões

Voltar para “Pergunte ao Psicólogo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante