Sobredotação

Espaço dedicado ao público em geral: aqui poderá apresentar as suas questões e dúvidas, e contar com o apoio dos utilizadores deste fórum. IMPORTANTE: leia as Regras de Utilização antes de participar
Regras do Fórum
-----------
O Psicologia.pt não é responsável pelas intervenções dos vários participantes neste Fórum, sendo o teor desses conteúdos, bem como a utilização que se faça dos mesmos, da exclusiva e total responsabilidade de cada utilizador.
Com o objectivo de permitir o total anonimato, o fórum "Pergunte ao Psicólogo" é o único onde é possível a publicação de tópicos por utilizadores não registados.
Ao mesmo tempo, e como deve ser do entendimento de todos, o carácter "anónimo" dos fóruns faz com que este espaço não ofereça condições para interações que se desenvolvam para além da mera "troca de opiniões".
É expressamente proibida neste fórum a divulgação de serviços de psicologia bem como de quaisquer contactos de psicólogos (nomes, nºs de telefone, moradas e outros contactos).
O Psicologia.pt não se responsabiliza pelo rigor técnico e científico, idoneidade e respeito pelos princípios éticos e deontológicos de toda e qualquer participação.
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Sobredotação

Mensagempor TelmaSilva » quarta fev 27, 2008 2:23 pm

Caros colegas, tenho um trabalho a realizar sobre a Sobredotação e pelo qual terei que realizar um trabalho prático sobre a mesma! A minha dúvida é como fazer? Onde me dirigir? Quais os passos a executar? Como elaborar?

Alguém me poderá ajudar? :?
Beija-flor
Membro Sénior
Membro Sénior
Mensagens: 499
Registado: quinta jan 05, 2006 7:59 pm

Mensagempor Beija-flor » quarta fev 27, 2008 2:45 pm

ana.catarina
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 29
Registado: terça nov 06, 2007 6:29 pm

Mensagempor ana.catarina » quarta fev 27, 2008 2:53 pm

Consulta o site da ANEIS (Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação), ñ sei onde moras mas a associação tem delegações em vários locais do país. Julgo que te poderão fornecer informação relevante na área da Sobredotação.
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Mensagempor TelmaSilva » quinta fev 28, 2008 1:26 pm

Obrigado pela diCa, carissimos !

Muito agradeCida, Telma
Natacha
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 59
Registado: terça nov 06, 2007 2:24 pm
Contacto:

Mensagempor Natacha » quinta fev 28, 2008 3:35 pm

Olá Telma,

Consulta o seguinte livro: "Crianças sobredotadas - Mitos e Realidades" Da Ellen Winner

Boa sorte!!
Gabinete de Psicologia - Algés

http://www.consultas-de-psicologia.blogspot.com/
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Hiperactividade

Mensagempor TelmaSilva » quinta fev 28, 2008 7:28 pm

Caros colegas apo's ter lido alguma pesquisa fiquei confusa! Qual a definição correcta?

- DISTÚRBIO DE HIPERACTIVIDADE E DÉFICE DE ATENÇÃO

- Desordem de Deficit e Hiperactividade
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Mensagempor TelmaSilva » quinta fev 28, 2008 7:30 pm

ou
- Transtorno Déficit de Atenção TDA/HTDA

:shock:
Natacha
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 59
Registado: terça nov 06, 2007 2:24 pm
Contacto:

Mensagempor Natacha » quinta fev 28, 2008 7:45 pm

Olá colega,

Pelos meus apontamento, sobredotação é uma coisa e Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção é outra.

As referências que tenho para sobredotação são as de Marland, Renzulli – Modelo dos 3 anéis e de Winner.

No que respeita a Sobredotação, Desenvolvimento Social e Emocional:
- Terman
- Leta Hollingworth
- Winner
- Gardner – Teoria das Inteligências Múltiplas

Espero ter ajudado!!
Sete-Luas
[Moderador]
[Moderador]
Mensagens: 285
Registado: domingo mar 06, 2005 2:57 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Sete-Luas » quinta fev 28, 2008 8:34 pm

Telma,

Quanto à confusão entre as duas situações, a colega anterior já referiu que são conceitos distintos.

No entanto, quero desfazer-te outra dúvida, em relação à outra perturbação, uma vez que nenhuma das três que escreveste (distúrbio de hiperactividade e défice de atenção, desordem de deficit e hiperactividade e transtorno déficit de atenção) está correcta.

Transtorno, desordem e déficit são conceitos utilizados na língua brasileira, e não são aceites na língua portuguesa. O mais correcto será dizer sempre ou perturbação ou distúrbio. Por outro lado, não é o défice de atenção que acompanha a hiperactividade, mas esta última que acompanha a primeira.

Posto isto, o correcto é dizer-se Perturbação ou Distúrbio de défice de atenção e hiperactividade, uma vez que não é obrigatório que esta (hiperactividade) esteja presente.

Cumprimentos
Última edição por Sete-Luas em quinta fev 28, 2008 10:38 pm, editado 3 vezes no total.
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Mensagempor TelmaSilva » quinta fev 28, 2008 8:52 pm

Carissimas muito agradecida pelos apontamentos e pela resposta 'a minha du'vida ! Vai realmente ser_me u'til para o meu trabalho, sem du'vida alguma !
Com os melhores cumprimentos, Telma :wink:
Natacha
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 59
Registado: terça nov 06, 2007 2:24 pm
Contacto:

Mensagempor Natacha » quinta fev 28, 2008 10:23 pm

Compreendo o que quer dizer Sete-Luas, mas segundo o DSM-IV-TR, designa-se Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção (pág. 85).

:wink:

Cumprimentos
Sete-Luas
[Moderador]
[Moderador]
Mensagens: 285
Registado: domingo mar 06, 2005 2:57 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Sete-Luas » quinta fev 28, 2008 10:47 pm

Natacha,

Eu também dei assim na Universidade, PHDA, mas os professores que falaram sobre essa perturbação, fazem essa correcção. Creio que é apenas para nos elucidar. O mesmo acontece com a Perturbação de Stress Pós-Traumático, que também não é correcta a adaptação que fizeram para Português. Enfim, apartes.

O crucial era mesmo a questão dos "transtornos" e dos "déficits".
Natacha
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 59
Registado: terça nov 06, 2007 2:24 pm
Contacto:

Mensagempor Natacha » sexta fev 29, 2008 9:59 am

Pois, essa é outra.

Sempre utilizei Perturbação de Stress Pós-Traumático, mas segundo o DSM-IV-TR, está como Pert. Pós-Stress Traumático ("Desenvolvimento de sintomas característicos a seguir à exposição a um stressor traumático extremo" pág. 463).

Mas realmente, o que interessava aqui é a terminologia utilizada em Portugal e no Brasil. E como o colega referiu muito bem, transtorno, desordem e déficit são conceitos utilizados na língua brasileira, enquanto que nós utilizamos perturbação ou distúrbio.



:wink:
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Mensagempor TelmaSilva » sexta fev 29, 2008 11:49 am

DSM-IV

Que significa as siglas? :shock:
TelmaSilva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 12
Registado: quarta fev 27, 2008 2:11 pm

Mensagempor TelmaSilva » sexta fev 29, 2008 11:51 am

Encontrei este excerto numa formaÇao no "psicologia.com.pt", que diz assim:

"Enquadramento:

Embora a PHDA seja a perturbação neurocomportamental mais frequente na criança assistimos a uma banalização e globalização do conceito, neglicenciando a sua real dimensão."

E agora? Qual utilizo correCtamente? :?
Sete-Luas
[Moderador]
[Moderador]
Mensagens: 285
Registado: domingo mar 06, 2005 2:57 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Sete-Luas » sexta fev 29, 2008 3:40 pm

Telma,

O DSM-IV-TR corresponde ao Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (no original: Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders). O resto da nomenclatura corresponde à quarta edição (IV), texto revisto (TR).

Isto é daquelas coisas muito básicas que tens de saber logo desde o primeiro ano.
Sete-Luas
[Moderador]
[Moderador]
Mensagens: 285
Registado: domingo mar 06, 2005 2:57 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Sete-Luas » sexta fev 29, 2008 3:51 pm

Quanto à outra questão, há uma forma simples de a resolver:

- Se no DSM-IV-TR está a designação de PHDA (embora não concorde com ela, se está no DSM é por aí que temos de nos reger), procuras na língua portuguesa por essa designação (seja em livros, artigos científicos, teses, etc.)

- Se procurares na língua inglesa/americana, fazes a conversão e procuras por ADHD (que signifca Attention deficit hyperactivity disorder).

No final, qualquer que seja a designação escolhida por ti, vais encontrar sensivelmente o mesmo conteúdo.
NunoF
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 1328
Registado: segunda jul 02, 2007 9:04 pm
Localização: Pizzaria

Mensagempor NunoF » sexta fev 29, 2008 6:56 pm

Sete-Luas Escreveu:Telma,

O DSM-IV-TR corresponde ao Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (no original: Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders). O resto da nomenclatura corresponde à quarta edição (IV), texto revisto (TR).

Isto é daquelas coisas muito básicas que tens de saber logo desde o primeiro ano.


Sete Luas agora falando seriamente (sim porque nem sempre falo seriamente aqui), eu no meu 1º ano não dei o DSM IV, nem falei do que me lembro.

Devia ser básico sem dúvida. :D
Vendo pizzas congeladas :D
Sete-Luas
[Moderador]
[Moderador]
Mensagens: 285
Registado: domingo mar 06, 2005 2:57 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Sete-Luas » sexta fev 29, 2008 7:19 pm

NunoF, se me faz a gentileza, não deturpe (mais uma vez) o que eu escrevi. Fica-lhe mal essa sua insistência face às minhas respostas.

Não me parece sequer implícita, na minha resposta, a ideia de estudar, saber ou decorar o DSM. Se se limitar a ler o que escrevi, sem querer subentender entrelinhas que não existem, perceberá rapidamente que o que é básico é saber que o DSM é o Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais.

E mais uma coisa, eu também não o estudei no primeiro ano, porque não fazia sentido não tendo psicopatologia, mas lembro-me perfeitamente de ouvir falar dele desde o início do meu curso, nomeadamente para referência bibliográfica, por exemplo, a nível de critérios de diagnóstico, para trabalhos de Neurociências.

Agora, não julgue que lá porque não falou dele, os outros têm de seguir as mesmas pegadas.
Última edição por Sete-Luas em sexta fev 29, 2008 7:25 pm, editado 1 vez no total.
NunoF
Membro Guru
Membro Guru
Mensagens: 1328
Registado: segunda jul 02, 2007 9:04 pm
Localização: Pizzaria

Mensagempor NunoF » sexta fev 29, 2008 7:24 pm

Sete-Luas Escreveu:NunoF, se me faz a gentileza, não deturpe (mais uma vez) o que eu escrevi. Fica-lhe mal essa sua insistência face às minhas respostas.

Não me parece sequer implícita, na minha resposta, a ideia de estudar, saber ou decorar o DSM. Se se limitar a ler o que escrevi, sem querer subentender entrelinhas que não existem, perceberá rapidamente que o que é básico é saber que o DSM é o Manual e Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais.

E mais uma coisa, eu também não o estudei no primeiro ano, porque não fazia sentido não tendo psicopatologia, mas lembro-me perfeitamente de ouvir falar dele desde o início do meu curso, nomeadamente para referência bibliográfica, por exemplo, a nível de critérios de diagnóstico, para trabalhos de Neurociências.

Agora, não julgue que lá porque não falou dele, os outros têm de seguir as mesmas pegadas.


Ok.

PS: eu em neurociências e neurofisiologia nunca fiz trabalhos :D
Vendo pizzas congeladas :D

Voltar para “Pergunte ao Psicólogo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes