Sociofobia

Espaço dedicado ao público em geral: aqui poderá apresentar as suas questões e dúvidas, e contar com o apoio dos utilizadores deste fórum. IMPORTANTE: leia as Regras de Utilização antes de participar
Regras do Fórum
-----------
O Psicologia.pt não é responsável pelas intervenções dos vários participantes neste Fórum, sendo o teor desses conteúdos, bem como a utilização que se faça dos mesmos, da exclusiva e total responsabilidade de cada utilizador.
Com o objectivo de permitir o total anonimato, o fórum "Pergunte ao Psicólogo" é o único onde é possível a publicação de tópicos por utilizadores não registados.
Ao mesmo tempo, e como deve ser do entendimento de todos, o carácter "anónimo" dos fóruns faz com que este espaço não ofereça condições para interações que se desenvolvam para além da mera "troca de opiniões".
É expressamente proibida neste fórum a divulgação de serviços de psicologia bem como de quaisquer contactos de psicólogos (nomes, nºs de telefone, moradas e outros contactos).
O Psicologia.pt não se responsabiliza pelo rigor técnico e científico, idoneidade e respeito pelos princípios éticos e deontológicos de toda e qualquer participação.
silsalgueiro
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 1
Registado: sábado abr 10, 2010 1:57 pm

Sociofobia

Mensagempor silsalgueiro » sábado abr 10, 2010 2:16 pm

Boa Tarde.

Gostaria de perguntar aos entendidos na matéria quais são os sintomas desta patologia? Desde a minha adolescência que sinto uma certa "timidez" quando confrontada com um grupo de pessoas, mas ultimamente tem vindo a piorar. Sinto que a minha qualidade de vida está a desaparecer com alguns sintomas que apresento, os quais vou descrever:
- Estou sempre desejosa de acabar o horário de trabalho para chegar a casa;
- Quando estou de folga faço de tudo para não sair de casa;
- Quando estou com um grupo de pessoas falo pouco e quando falo estou sempre com medo do que pensam;
- Normalmente acho que todos me olham e julgam;
- Muitas vezes (ou quase sempre) as pessoas telefonam-me e eu não atendo, pois detesto falar ao telefone;
- Com o passar dos anos tenho aumentado o meu peso e por esta situação sinto-me cada vez mais insegura em relação ao que os outros pensam;
- Não tenho força de vontade para fazer qualquer tipo de actividade, até estranho conseguir ir trabalhar todos os dias;
- Sinto-me muito deprimida por todas as razões que referi antes e passo muito tempo a pensar nisso e a sentir-me culpada;
- Sou muito ansiosa e em alturas que necessitei de mostrar mais de mim, como na faculdade com trabalhos, ou em relacionamentos com discussões, tive ataques de ansiosidade (com sintomas de dores muito fortes no peito como se este estivesse a ser esmagado);
- Entre outros que agora não me recordo.

Sempre me lembro de viver assim, mas hoje, ao fim de seis dias seguidos em casa, sempre a arranjar desculpa para não sair e num profundo estado de depressão, decidi procurar respostas para tentar melhor a minha qualidade de vida. Alguém me sabe dizer o que fazer?

Obrigada pela atenção.

Sofia
Ana Rita
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 1794
Registado: terça ago 31, 2004 1:44 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor Ana Rita » sábado abr 10, 2010 8:42 pm

Sofia, é muito importante que procure um psicólogo e que faça uma terapia para compreender de que forma esses problemas se instalaram e para ser ajudada a ultrapassar a ansiedade associada à forma como se percepciona a si e aos outros. O que descreve não é algo que melhore de forma espontânea, pelo que deverá invisitr num tratamento que mude a pouco e pouco a sua qualidade de vida.
Se caíres sete vezes, levanta-te oito.
titauva
Membro Recém-Chegado
Membro Recém-Chegado
Mensagens: 1
Registado: terça abr 13, 2010 10:42 am
Contacto:

Mensagempor titauva » terça abr 13, 2010 11:15 am

Oi Sofia!!!

Tenta comecar com livros de auto ajuda ate conseguires apoio psicologico.
Acredita ja des te um passo gigante ao reconheceres os teus sintomas, o primeiro passo de auto ajuda e recolhecer o problema!!
Agora deves educar a tua mente a reflectir quando os sintomas aparecem e a corrigi-los automaticamente, por exemple se te encontras na situacao de que ao fim de um dia de trabalho queres ir para casa, para e fala contigo mesma e racionaliza esse sentimento. Porque quero ir para casa ??? E tenta modificar esse sentimento com outro e.g. seria exellente quebrar a routina e fazer algo diferente, que tal convidar alguem pra tomar um cafe?!!!

O segredo e tomar conciencia dos nosso medos e ansiedades, confronta-las e modifica- las!!!

Olha pra comecares tens optimos livros sobre Intelegencia Emotional, e um livro chamado 'Feel the fear and do it anyway' ....entre outros sao as minhas suggestoes!!! Boa sorte!!!

[quote][/quote]EACH ONE TEACH ONE!!! :)
Avatar do Utilizador
Liliana Costa
Psicólogo Registado (PT)
Psicólogo Registado (PT)
Mensagens: 627
Registado: terça fev 01, 2005 2:14 pm
Localização: Amarante,Porto
Contacto:

Mensagempor Liliana Costa » quinta abr 15, 2010 6:04 pm

tenho uma amiga com que teve durante tempos esses sintomas...ela falava comigo e pouco mais....eu não dava importância mas chegava a notar que ela ficava a suar por vezes quando encontrava alguém conhecido na rua.....por vezes bloqueava e não dizia coisa com coisa ou despachava....as vezes atravessava a rua.

No entanto, como percebi essa atitude falei abertamente com ela....tentei induzi-la a relativizar mais a opinião dos outros....não se focar tanto no que os outros poderiam pensar nela...porque garantidamente não a estão a avaliar...

Hoje posso dizer te que ela melhorou bastante....se bem que ainda evita atender algumas chamadas....ha dias no cafe tocou o telemovel dela e disse me que era uma ex colega de um curso de formação com a qual ja nao falava ha muito tempo e so me disse "depois ligo-lhe"..quando nao tinha razões para não atender....Mas ja se notam muitos progressos

Tens de pedir ajuda a um psicólogo que consegue dar te boas estratégias para aprenderes a levar a vida social de forma mais "soft" sem tantos julgamentos...afinal tu és livre, pensa que a opinião dos outros não é passa disso...opiniões...passageiras....

Voltar para “Pergunte ao Psicólogo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante