A Síndrome do X Frágil

2016
charlotte.coelho.psico@gmail.com
Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde, UFP-FCHS, Porto. APEMAC, Macedo de Cavaleiros. Agrupamento Vertical de Escolas de Macedo de Cavaleiros

A- A A+
A Síndrome do X Frágil

A Síndrome do X Frágil (SXF) corresponde a uma condição genética com etiologia situada no cromossoma X no gene FMR-1. Este quadro clínico agrega diversas alterações da morfologia física, alterações cognitivas e comportamentais, representando a primeira causa hereditária de atraso mental. Mais prevalente no sexo masculino, a SXF apresenta comorbilidade com perturbação de hiperatividade (com/sem défice de atenção), perturbação do espectro do autismo ou traços autísticos, ansiedade social e alterações sensoriais.

 Ler texto integral em PDF