Desenvolvimento Pessoal

  • Autodeterminado? Ou heterodeterminado?

    Autodeterminado? Ou heterodeterminado?

    Quantos de nós temos uma maior tendência em ser autodeterminados? Quantos de nós temos a tendência de ser heterodeterminados? Quantos de nós temos a consciência dessa tendência? Quantos de nós ficamos satisfeitos com essa tendência? Quantos de nós conseguimos ir conciliando estas duas abordagens de uma forma satisfatória para si? ... ler artigo

  • Quando o chão nos falta... e o lugar da Esperança

    Quando o chão nos falta... e o lugar da Esperança

    Há momentos em que, de forma mais ou menos esperada, damos por nós sem chão. Olhamos, procuramos à volta... e não vemos. Não estamos sequer suspensos, estamos... ali. Sem chão. Sem nada que nos sustente. Como se permanecessemos naquela fracção de segundos antes de começarmos a cair... em queda livre. O que fazemos? ... ler artigo

  • Viver bem no Novo Ano

    Viver bem no Novo Ano

    Neste primeiro mês do novo ano, em que muitos procuram descobrir novas formas de aumentar a sua qualidade de vida e bem estar, seria interessante, antes de mais, compreender o que significa afinal viver bem. Este artigo convida-nos a refletir sobre a importância de uma rotina congruente com a nossa natureza humana, da ocupação com atividades significativas que proporcionem sensações agradáveis e d ... ler artigo

  • Mindfulness: Quando respirar é terapêutico

    Mindfulness: Quando respirar é terapêutico

    Atualmente acompanhamos muitos estudos sobre a prática da meditação e a importância da respiração. Através de algumas vivências e estudos, como a yoga (Filosofia que trabalha o corpo e a mente) e o mindfulness (Técnica ocidental de meditação e exercícios) pude perceber os efeitos significativos em viver melhor o momento presente, sentir o próprio corpo, observar os próprios pensamentos, encontrand ... ler artigo

  • Como querer que fique tudo sempre bem se nada é estático?

    Como querer que fique tudo sempre bem se nada é estático?

    Quantas vezes ouvimos que vai ser depois da faculdade? Ou depois do divórcio, ou do filho ter crescido? Quantas vezes ouvimos que vai ser depois de mudar de emprego ou de casa? E quantas vezes a felicidade vai sendo adiada, porque “depois é que vai ser?” Mas... depois, vai ser mesmo o quê? Por vezes o nosso grande desejo de atingirmos a dita felicidade, faz-nos quase aguardar por ela como se depoi ... ler artigo

  • Resoluções de ano novo?!? E por que não gratidões pelo que terminou?

    Resoluções de ano novo?!? E por que não gratidões pelo que terminou?

    Há cerca de duas semanas celebrou-se o solistício de Inverno, o que significa que durante os próximos seis meses os dias serão cada vez maiores. Estou grata por isso. O ano de 2016 terminou há pouco, o que faz também, habitualmente, deste um tempo de balanço e de desejos para o novo ano. Para muitos de nós é mais fácil olharmos para aquilo que não queremos ver repetido no novo ano que iniciamos, ... ler artigo

  • Quando só reconhecemos o valor de uma pessoa quando a perdemos…

    Quando só reconhecemos o valor de uma pessoa quando a perdemos…

    As relações humanas são, inegávelmente, o que de mais precioso temos na nossa vida, já que nos construímos do início ao fim na e pela relação. Este artigo convida-nos a compreender porque é que muitas vezes nos distraímos e negligênciamos os nossos vínculos afetivos e só tomamamos consciência disso em situações de perda ou separação. Como nas palavras de Antoine De Saint- Exupéry, em o Princepezin ... ler artigo

  • Quando as pessoas são reconhecidas e respeitadas no trabalho, são mais felizes e mais produtivas

    Quando as pessoas são reconhecidas e respeitadas no trabalho, são mais felizes e mais produtivas

    Quando a velocidade, a eficiência e a produtividade que impulsionam para o resultado diminuem gradativamente na empresa, é possível a pessoa não esteja mais vivendo de acordo com suas aspirações, principalmente quando há projetos importantes que não são reconhecidos. A queda da motivação pode, por exemplo, deixar o indivíduo estressado, com sentimento de culpa por não fazer o suficiente para avanç ... ler artigo

  • A felicidade se torna uma obrigação nas redes sociais

    A felicidade se torna uma obrigação nas redes sociais

    A humanidade busca constantemente a felicidade. E a todo momento queremos conquistar coisas que nos fazem felizes como ter dinheiro, sucesso, amigos, relação amorosa estável. Na era tecnológica surgem as redes sócias e com elas os bombardeios de imagens de pessoas anônimas ou do mundo das celebridades. Observamos que nesse mundo virtual as pessoas desejam passar aos seus seguidores que estão sempr ... ler artigo

  • Às vezes, ou quase sempre, é preciso coragem

    Às vezes, ou quase sempre, é preciso coragem

    Quem nunca desejou ser uma pessoa corajosa? Quem nunca pensou em conseguir enfrentar aquele desafio que parecia impossível, sem receios? A ideia de que corajoso é aquele que não sente medo é algo mais comum do que imaginamos. Todavia, é justamente mediante o medo, e apesar deste, que é fatível exercer coragem, ou seja, o medo existe e nos resta sobrepô-lo. No processo de Orientação de Carreira e d ... ler artigo