Ajustamentos criativos no processo do envelhecimento na contemporaneidade

2017
nmoura14@gmail.com
Finalista do curso de Psicologia da faculdade Unijorge em Salvador - BA (Brasil)

A- A A+
Ajustamentos criativos no processo do envelhecimento na contemporaneidade

O presente estudo tem como objetivo descrever e discutir, na perspectiva fenomenológica-existencial e humanista da Gestalt-terapia, os ajustamentos criativos realizados no processo de envelhecer. Através desse artigo, buscamos compreender como ocorre esse processo na contemporaneidade através de revisão bibliográfica. O ajustamento criativo, conceito da Gestalt-Terapia, é um dos temas principais desse artigo. Refletir sobre sua relação com o envelhecimento deu suporte a possibilidade de entender o envelhecer como continuação do processo do desenvolvimento, e não o fim do mesmo. Neste contexto, foi dada ênfase à importância da singularidade de cada idoso no processo de atualização de seus ajustamentos criativos. Os resultados encontrados mostram que os ajustamentos criativos realizados por essas pessoas são constantes e diários, a relação do idoso com seu meio são fatores preponderantes para um equilíbrio saudável. Embora a sociedade ainda não esteja preparada para recebê-los, a terceira idade, na contemporaneidade, paulatinamente, vem abrindo espaço e se impondo nas mudanças socioculturais e econômicas. Porém, há muito que se falar sobre essa fase do desenvolvimento humano, sobretudo nas questões da sexualidade, da finitude e da morte, assuntos pouco estudados no meio acadêmico. Compreender o envelhecimento nos âmbitos biopsicossocial, os valores, as crenças e a singularidades dos idosos, é pertinente para uma visão integral deste processo.

 Ler texto integral em PDF